Antecessores do Fusca – parte IV

Postado por: Júlio César de Medeiro

Compartilhe

Não há como falar  dos antecessores do Fusca sem mencionar esses dois nomes: Josef Ganz e  Standard Superior.

Se o professor Porsche é considerado o pai do Fusca, Josef Ganz pode ser chamado de pai da ideia de carro popular. Por sua vez, o Standard Superior foi o primeiro carro fabricado especificamente sob o conceito de Volskswagen ou carro do povo.

No início da década de 20 do século passado, Ganz comprou uma motocicleta e com ela sofreu vários acidentes. Isso lhe impulsionou para o projeto de sua vida, o desenvolvimento de carros baratos, econômicos e seguros. Em 1922 essa ideia já havia frutificado e Ganz tinha o projeto de um carro pequeno, barato, econômico, com muitos conceitos de segurança que passaram a integrar todos os carros produzidos desde então. Os envolvidos na área automobilística na época usavam o termo VolksAuto quando se referiam à essa ideia e foi Josef Ganz quem primeiro utilizou o termo Volskswagen (Carro do Povo). Ainda em 1922 escreveu para a revista especializada Klein-Motor-Sport, expondo suas ideias sobre a necessidade de um veículo de 4 rodas pequeno, seguro e com custo de aquisição e manutenção semelhantes a uma motocicleta. Em sua carta ainda descreve o seu conceito de Volskswagen: motor traseiro de quatro tempos, refrigerado a ar, com cilindros horizontais, com uma carroceria construída com metais leves sobre um chassi tubular e mecânica simples. Lembra ou não lembra o Fusca?

Nos anos que se seguiram o projeto foi muito aprimorado, principalmente no tocante a aerodinâmica da carroceria, outra área em que Ganz se tornou referência. No início de 1932, o presidente da Standard Fahrzeugfabrik, fabricante de motocicletas e depois automóveis em Ludwigsburgo, na Alemanha, soube que Ganz projetara e construíra um protótipo do conceito de Volskswagen, o Maikäfer, de 1931. Após Ganz lhe apresentar seus projetos e expor suas ideias, a Standard adquiriu uma licença para produzir o carro em série e o batizou de Standard Superior. O primeiro modelo foi concluído em 1933 e no mesmo ano recebeu pequenas alterações na carroceria. Em 1934 um novo modelo melhorado, mais longo e com uma janela a mais de cada lado foi lançado.

Resumidamente, o Standard Superior produzido em série era pequeno e aerodinâmico, com motor transversal de dois tempos, dois cilindros e 396 cilindradas, com potência de 12 hp, montado um pouco a frente do eixo traseiro. O carro tinha suspensão independente nas 4 rodas e acomodava 2 adultos e poucas malas no compartimento atrás dos bancos ou 2 adultos e algumas crianças pequenas, como dizia o anúncio da época. O formato da carroceria, diz a lenda, impressionou muito o já famoso professor Porsche, sendo atribuido ao Standard Superior a inspiração das formas da carroceria e também das soluções mecânicas adotadas para o projeto do Fusca.

Contudo, os altos custos de produção e a grave crise por que passava a Alemanha determinaram quem em 1935 a produção do Standard Superior fosse descontinuada permanentemente. Embora as contribuições de Josef Ganz para a criação do Volskswagen e para o avanço da tecnologia de segurança automobilística tenham sido de relevância fundamental para a renovação da indústria alemã, seu nome foi obscurecido pelo brilho dos milhões de Fuscas produzidos e apenas recentemente seus feitos, escritos e projetos foram resgatados por pesquisadores.

 

Leia Também Governador eleito caindo na realidade Bolsonaro, 2019!!! Comer doce vicia? 560 mil quilômetros de histórias e contando