Simers: presidente Paulo Argolo Mendes renuncia

Compartilhe

O presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Paulo de Argollo Mendes, renunciou ao cargo que exercia, há 20 anos, em carta publicada no site da entidade, neste domingo.

No comunicado, Argollo fala em “momento de profunda dor”. O dirigente, que cumpriu seis mandatos à frente da instituição e é, mais uma vez, candidato no pleito interno previsto para o fim do ano, sustenta que passou a ter a honra atacada com “calúnias, gravações montadas e toda sorte de artimanhas sórdidas para tentar provocar a dúvida”.

Frisando ter feito o melhor para o Simers, médicos, pacientes e a luta pela vida, Argollo frisou que a entidade soma hoje 16 mil filiados – oito vezes mais do que à época da fundação. O ex-presidente cita, por exemplo, que em agosto, por meio de ação judicial, o Simers obteve a devolução de R$ 8 milhões a médicos de uma empresa, que não é nominada.

Em nota, o sindicato anunciou que a vice-presidente Maria Rita de Assis Brasil assume o comando da entidade até o fim da gestão. No mesmo texto, o Simers esclarece que “decisão já foi comunicada a todos os médicos do Estado e aos funcionários na manhã deste domingo”.


Fonte: Rádio Guaíba (foto: Youtube)

Leia Também Idosa em situação de urgência não é atendida a tempo e morre no interior de Passo Fundo Confira os aprovados do Curso Técnico de Enfermagem HSVP Centro de Especialidades Odontológicas fará 350 atendimentos por mês HSVP recebe a visita do deputado Pedro Westphalen