Animadores vocacionais do Estado planejam sua missão

Compartilhe

Nesta semana, dias 24 e 25 de setembro, os coordenadores e representantes da animação vocacional das dioceses do Rio Grande do Sul estiveram reunidos em Frederico Westphalen para avaliar os passos dados pelo Serviço de Animação Vocacional em seus respectivos espaços de atuação e delinear o caminho a ser percorrido no próximo ano.

Ação Evangelizadora Cada Comunidade uma Nova Vocação
A Ação Evangelizadora Cada Comunidade Uma Nova Vocação foi um dos destaques das dioceses presentes. Segundo os animadores vocacionais, a iniciativa deu vitalidade para o trabalho vocacional, especialmente em função do potencial despertado através do envolvimento das comunidades na oração vocacional, no testemunho e no convite direto. Em muitas dioceses, como é o caso da Arquidiocese de Passo Fundo, as capelinhas vocacionais foram destacadas como o elo de envolvimento das comunidades na causa vocacional.

Além disso, a Ação Evangelizadora tem despertado a criatividade e o envolvimento dos grupos de jovens e pastorais das comunidades. A integração com as pastorais é um passo importante. Como destacou dom José Gislon, bispo referencial, “a caminhada em conjunto vê o despertar vocacional não somente através de nossa realidade isolada, mas como igreja, onde todos estão inseridos. Juntos podemos ir mais longe.”

Sínodo dos bispos sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional
Além da Ação Evangelizadora, o texto-base do sínodo e o seu material preparatório foram abordados durante a reunião já que, nas dioceses, têm provocado para o aprofundamento da reflexão vocacional, em sintonia com o Setor Juventude. É importante investirmos nessa questão em nossas comunidades, aprofundando a reflexão com os animadores e equipes vocacionais.

O processo de reflexão vocacional será intensificado em nosso regional a partir do estudo do texto-base do 4º Congresso Vocacional do Brasil, a ser realizado de 5 a 8 de setembro de 2019, em Aparecida. A provocação é de que as equipes vocacionais diocesanas se ponham a estudar o material o quanto antes para que o mesmo possa ser objeto de partilha e reflexão nas comunidades. Este desafio será assumido pela equipe de Passo Fundo, que logo mais sentará para estudar e propor um caminho de formação para os animadores vocacionais das comunidades.


Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Leia Também Arquidiocese discute emergências sociambientais Começam preparativos para a 33ª Romaria Vocacional de São Domingos do Sul Angelus: papa destaca importância dos novos santos Muita emoção na Romaria de Nossa Senhora Aparecida