Surto de caxumba atinge Cruz Alta

Compartilhe
A Vigilância Sanitária de Cruz Alta comunicou surto de caxumba no município.

Desde o mês passado, foram registrados mais de 50 casos confirmados da doença. Diante do cenário, as entidades de saúde locais convocaram a população adulta, de 19 a 49 anos, para que realize a vacina tríplice viral nas unidades básicas de saúde.

A coordenadora da vigilância epidemiológica do município, Tamara Lorenzon, garante que há vacina disponível para a população e revela que apenas 1% do público adulto se imunizou. “A maioria dos casos é desta faixa etária. O baixo índice de vacinação preocupa, já que o vírus é transmitido via respiratória, para até outras dez pessoas”.

A transmissão ocorre através da disseminação de gotículas ou por contato direto com secreções respiratórias ou saliva da pessoa infectada. Os diagnósticos dos casos são clínicos, já que não há exame laboratorial para comprovar a doença. A orientação é a vacinação, para a população em geral, e, para pacientes com a doença, orienta-se o isolamento. No mês de março, já havia ocorrido um surto no município.

Enfermeira da vigilância epidemiológica da 9ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com sede em Cruz Alta, Denise da Veiga explica que o surto ocorre apenas no município. 

Fonte: Rádio Guaíba

Leia Também Hospital São Vicente de Paulo divulga nota sobre atendimentos IMED e HC inauguram Hospital Escola Ex-ministro Chioro palestrou sobre o SUS na IMED Tchêquinho mobiliza Câmara em repúdio ao fechamento da emergência do HSVP