Eleitores votam com armas e filmam urna eletrônica

Compartilhe


Eleitores de Jair Bolsonaro (PSL), que concorre à Presidência, votaram portando armas neste domingo de eleição do primeiro turno. Os votos foram filmados e fotografados, o que é crime eleitoral.

Em um dos vídeos, o eleitor segura a arma pelo cabo e usa o cano para digitar o número do candidato. O homem não aparece na imagem, mas exibe a arma para a câmera ao final.

Em uma fotografia, um revólver está posicionado em cima da urna eletrônica enquanto aparece a imagem do voto em Bolsonaro na tela. A fotografia circulou após o compartilhamento de um morador de Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul.

Procurado pela reportagem da Revista VEJA, ele negou ser o autor da foto e afirmou que apenas compartilhou a imagem que recebeu em um grupo de Whatsapp. Após o contato, ele apagou as postagens do seu Twitter e Facebook. No entanto, a imagem permanecia no seu Instagram até o fechamento desta matéria. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado não está a par do caso.


Outro caso foi registrado em São João do Meriti, no Rio de Janeiro.


*com informações VEJA

Leia Também Aprovada a redução de CCs na Câmara de Vereadores Rigon será o presidente da Câmara de Vereadores em 2019 Pena de morte não entrará em debate no governo de Bolsonaro PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro