Filhos de Bolsonaro são eleitos para o Legislativo em SP e no Rio

Compartilhe
Os dois filhos do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), Eduardo Bolsonaro e Flávio Bolsonaro se elegeram para o Legislativo neste domingo, 7. Eduardo foi o deputado federal mais votado em São Paulo enquanto Flávio foi o líder na disputa pelo Senado no Rio. A votação de Eduardo Bolsonaro é a maior da história, superando a de Eneas Carneiro, em 2002.
Eduardo teve 1,8 milhão de votos e foi o deputado mais votado em São Paulo, com 8,75% dos votos. No Rio, Flávio teve 31,36% dos votos para o Senado. Ambos pertecem ao mesmo partido do pai, o PSL. Mais cedo, Eduardo sugeriu em sua conta no Twitter que os eleitores filmassem urnas eletrônicas para comprovar supostas fraudes - o que é proibido por lei.
Em São Paulo, o PSL fez também a segunda candidata mais votada à Câmara dos Deputados, a jornalista Joyce Hasselmann. O ator Alexandre Frota foi o 17º mais votado. Luiz Philippe O. Bragança, descendente da família imperial, foi o 32º. A legenda do partido foi a mais votada no Estado.
Jair Bolsonaro foi mais votado em 17 Estados e no Distrito Federal. O capitão reformado do Exército só ficou atrás de Fernando Haddad (PT) nos oito Estados do Nordeste e no Pará. Ciro Gomes (PDT) liderou a disputa no Ceará, seu berço político.

*Estadão

Leia Também Lula pode ganhar o prêmio Nobel da Paz Previdência será justa para todos, afirma Bolsonaro Seis proposições desarquivadas por vereadores de Passo Fundo Patric pede apuração sobre apropriação de salários dos servidores por parte de vereadores