Fiscalização do estacionamento de carga e descarga deve ser intensificada

Compartilhe


Numa reunião da Comissão de Patrimônio, Desenvolvimento Urbano e do Interior (CPDUI), realizada nesta segunda-feira (8), foram discutidos os problemas causados pela ocupação irregular dos locais destinados ao estacionamento para carga e descarga de mercadorias. Trabalhadores que realizam entregas nos estabelecimentos comerciais pediram apoio aos vereadores para tentar encontrar soluções para as dificuldades enfrentadas no trânsito de Passo Fundo.

O encontro foi solicitado pelo vereador Renato Tiecher (PSB). Participaram também o presidente da Comissão, Luiz Miguel Scheis (PDT), Ronaldo Rosa (SD), Saul Spinelli (PSB), o secretário de Segurança do município, João Darci Gonçalves da Rosa e o coordenador da Guarda Municipal e secretário adjunto, Ruberson Stieven. 

Stieven reconheceu que o problema existe. Segundo ele, mesmo com a fiscalização, as infrações de estacionamento lideram a lista das mais cometidas na cidade. Entre elas, as multas aos motoristas estacionados indevidamente nos locais destinados à carga e descarga.

Tchêquinho alertou para o fato de que, “muitas vezes, o motorista é obrigado a dar várias voltas, esperando que desocupem as vagas que servem exclusivamente para abastecer o comércio com mercadorias. Eles chamam a Guarda Municipal, mas há demora em atender à solicitação, o que gera muitos transtornos aos trabalhadores”.

O secretário de Segurança reconheceu que pode haver alguma demora porque, muitas vezes, os agentes de trânsito estão em atendimento a ocorrências.  Mas Gonçalves afirmou que algumas medidas já começaram a ser tomadas para amenizar essas dificuldades. “A primeira delas é a renovação da sinalização nestes pontos específicos para que o motorista comum não tenha dúvidas de que ali é proibido estacionar”, ressaltou Gonçalves.

Já Stieven, a pedido do secretário, afirmou que a Guarda vai intensificar ainda mais a fiscalização destes pontos. “O motorista que incorre nessa infração pode, além de ser multado, ter o veículo guinchado.”, lembrou o coordenador.


Foto: Comunicação/Câmara de vereadores

Leia Também Meirelles será secretário da Fazenda em São Paulo Vereadores aprovam projeto que extingue funções gratificadas na Prefeitura Prefeito Luciano Azevedo pede licença do PSB Área pública é cedida mais uma vez à Associação dos Permissionários de Táxi