Fiscalização do estacionamento de carga e descarga deve ser intensificada

Compartilhe


Numa reunião da Comissão de Patrimônio, Desenvolvimento Urbano e do Interior (CPDUI), realizada nesta segunda-feira (8), foram discutidos os problemas causados pela ocupação irregular dos locais destinados ao estacionamento para carga e descarga de mercadorias. Trabalhadores que realizam entregas nos estabelecimentos comerciais pediram apoio aos vereadores para tentar encontrar soluções para as dificuldades enfrentadas no trânsito de Passo Fundo.

O encontro foi solicitado pelo vereador Renato Tiecher (PSB). Participaram também o presidente da Comissão, Luiz Miguel Scheis (PDT), Ronaldo Rosa (SD), Saul Spinelli (PSB), o secretário de Segurança do município, João Darci Gonçalves da Rosa e o coordenador da Guarda Municipal e secretário adjunto, Ruberson Stieven. 

Stieven reconheceu que o problema existe. Segundo ele, mesmo com a fiscalização, as infrações de estacionamento lideram a lista das mais cometidas na cidade. Entre elas, as multas aos motoristas estacionados indevidamente nos locais destinados à carga e descarga.

Tchêquinho alertou para o fato de que, “muitas vezes, o motorista é obrigado a dar várias voltas, esperando que desocupem as vagas que servem exclusivamente para abastecer o comércio com mercadorias. Eles chamam a Guarda Municipal, mas há demora em atender à solicitação, o que gera muitos transtornos aos trabalhadores”.

O secretário de Segurança reconheceu que pode haver alguma demora porque, muitas vezes, os agentes de trânsito estão em atendimento a ocorrências.  Mas Gonçalves afirmou que algumas medidas já começaram a ser tomadas para amenizar essas dificuldades. “A primeira delas é a renovação da sinalização nestes pontos específicos para que o motorista comum não tenha dúvidas de que ali é proibido estacionar”, ressaltou Gonçalves.

Já Stieven, a pedido do secretário, afirmou que a Guarda vai intensificar ainda mais a fiscalização destes pontos. “O motorista que incorre nessa infração pode, além de ser multado, ter o veículo guinchado.”, lembrou o coordenador.


Foto: Comunicação/Câmara de vereadores

Leia Também Haddad e partido de Ciro vão à Justiça para cassar chapa de Bolsonaro Vereadores discutem mudanças no regimento interno Ibope divulga pesquisa para segundo turno do RS Vereador Paulo Neckle demonstra preocupação com a saúde local