Espaços públicos mudam de cenário com arte urbana

Compartilhe

No mês de março deste ano a Prefeitura de Passo Fundo, através da Secretaria de Cultura, lançou um edital que selecionou projetos de arte urbana para serem executados em espaços públicos da cidade. Diversos artistas visuais participaram e seis projetos foram escolhidos. Neste final de semana foi feita a última intervenção, contemplando todos os projetos selecionados.

“O projeto de arte na rua foi um sucesso. Contemplou a valorização do setor das artes visuais e artistas e deu mais vida aos espaços públicos da cidade”, avalia o secretário de Cultura, Pedro Almeida. Além disso, segundo o secretário, o projeto atendeu mais uma das demandas do Plano Municipal de Cultura, que foi construído com o setor cultural da cidade.

Com as intervenções do projeto, foram alteradas as paisagens da praça da Mãe (em frente ao Colégio Fagundes dos Reis), da praça Leonísio Scussel, (na avenida Brasil, próxima ao Colégio Notre Dame), da praça que fica em frente ao Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto e também no pátio interno e no Parque da Gare, que teve pinturas no muro de contenção no pátio posterior da estação e dos arcos, na parte que fica de frente para a avenida Sete de Setembro.

Os escolhidos
A escolha dos vencedores se deu por uma comissão julgadora que avaliou a relevância conceitual e temática, o caráter público, a criatividade, originalidade e ineditismo e a viabilidade técnica. Para participar, os projetos precisaram apresentar algum dos seguintes temas: cultura local, com ênfase nas atividades culturais do município, cultura brasileira, preservação da paz e da segurança, preservação do meio ambiente ou inserção social. Os artistas que tiveram seus projetos selecionados também receberam contrapartida financeira.

Foram executados os seguintes projetos:
* Jéferson D. de Andrade (Projeto 2) – Praça avenida Brasil Oeste, próximo Colégio Notre Dame
* Talles Gonçalves Visentini (Projeto 1) – Amor de Mãe Natureza – Praça da Mãe, avenida Brasil
* Mariane Loch Sbeghen (Projeto 1) – Patrimônio Invisível – muro da praça em frente ao Espaço Cultural Roseli Dosleski Pretto, avenida Brasil
* Mariane Loch Sbeghen (Projeto 1) – Um olhar sobre o Patrimônio – pátio interno do Espaço Cultural Roseli Dosleski Pretto, avenida Brasil
* Luiz Augusto B. Galera (Projeto 1) – Muro de Contenção – pátio posterior da Estação da Gare, avenida Sete de Setembro, Centro
* Luiz Augusto B. Galera (Projeto 3) – Arcos da Gare – avenida Sete de Setembro, Centro – Parque da Gare

(Fotos: Divulgação/PMPF)

Leia Também Empresa de Erechim é habilitada para realizar obras no Aeroporto Lauro Kortz Prefeitura abre processo seletivo para a contratação de médicos Cesta básica de Passo Fundo registra alta de 0,19% em setembro Água da chuva alaga ruas e invade casas em Passo Fundo