Luciano Azevedo: "Em hipótese alguma farei campanha para o PT”

Compartilhe

O prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, informou na tarde desta terça-feira que discorda da posição da Direção Nacional do PSB, que declarou apoio a Fernando Haddad no segundo turno da eleição presidencial.

"Em hipótese alguma farei campanha para o PT”, afirmou o prefeito da maior cidade governada pelo PSB no Rio Grande do Sul.

A Executiva Nacional do PSB decidiu nesta terça-feira (9) que o partido irá apoiar o candidato do PT, Fernando Haddad, no segundo turno das eleições presidenciais.

A cúpula da legenda também resolveu liberar os diretórios regionais de São Paulo e do Distrito Federal, onde os candidatos do PSB, Márcio França e Rodrigo Rollemberg, respectivamente, disputarão o segundo turno ao governo estadual.

Leia Também Lula pode ganhar o prêmio Nobel da Paz Previdência será justa para todos, afirma Bolsonaro Seis proposições desarquivadas por vereadores de Passo Fundo Patric pede apuração sobre apropriação de salários dos servidores por parte de vereadores