Luciano Azevedo: "Em hipótese alguma farei campanha para o PT”

Compartilhe

O prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, informou na tarde desta terça-feira que discorda da posição da Direção Nacional do PSB, que declarou apoio a Fernando Haddad no segundo turno da eleição presidencial.

"Em hipótese alguma farei campanha para o PT”, afirmou o prefeito da maior cidade governada pelo PSB no Rio Grande do Sul.

A Executiva Nacional do PSB decidiu nesta terça-feira (9) que o partido irá apoiar o candidato do PT, Fernando Haddad, no segundo turno das eleições presidenciais.

A cúpula da legenda também resolveu liberar os diretórios regionais de São Paulo e do Distrito Federal, onde os candidatos do PSB, Márcio França e Rodrigo Rollemberg, respectivamente, disputarão o segundo turno ao governo estadual.

Leia Também Aprovado o projeto de controle populacional de cães e gatos em Passo Fundo Em ação: super-heróis chegam à Câmara de Vereadores Projeto sobre porte de armas pode ser votado esta semana na Câmara Evento de filiação do PSL, partido de Bolsonaro, reúne simpatizantes em Passo Fundo