Alimentos aquecidos a altas temperaturas e risco de câncer

Postado por: Jureci Machado

Compartilhe

Alimentos aquecidos a altas temperaturas produzem uma substância denominada acrilamida a qual está presente em muitos alimentos comuns geralmente consumido por crianças, tais como produtos fritos à base de batata, batatinhas fritas ou bolachas crocantes, biscoitos, torradas e pães macios, além do café.

 A acrilamida é uma substância química produzida naturalmente no amido dos alimentos durante o cozimento normal em altas temperaturas (frito, assado no forno ou no grill e também em processos industriais a mais de 120° com pouca umidade).

É formada principalmente a partir de açúcares e proteínas através do processo químico que causa a conhecida "reação de Maillard" dá à comida a aparência típica de "torrado", que faz com que esta seja mais saborosa (mas talvez mais perigosa para a saúde).

Outro fator importante que têm preocupado os órgãos de saúde é o crescente consumo de alimentos preparados nas fritadeiras airfryer, a qual também produz esse efeito, e deve ser usado com cautela.

A acrilamida quando ingerida, é absorvida a partir do trato gastrointestinal, distribuída a todos os órgãos e extensamente metabolizada e o resultado deste processo é a causa mais provável de mutações genéticas e tumores encontrados nos estudos com animais.

Portanto, regularizar a ingestão desses alimentos e aumentar a ingestão de fibras facilita no processo de prevenção de doenças.

Leia Também O EIA RIMA e os Estudos Ambientais Negritude como atitude política! A importância da informação da comunidade para a segurança Dia Mundial dos Pobres