MEC avalia Programas de Residência Médica da UFFS no HC

Compartilhe

Cenário de prática de quatorze Programas de Residência Médica através da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS Campus Passo Fundo, o Hospital da Cidade (HC) recebeu na última semana representantes da Comissão Estadual de Residência Médica. A comitiva avaliou a estrutura física, tecnológica e de recursos humanos em que os Programas de Residência Médica estão inseridos, além de analisar a implementação de novos programas que terão como campo de prática o HC.

A Comissão Estadual de Residência Médica é vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e, junto à Comissão Nacional de Residência Médica, responsável pelo credenciamento e avaliação dos Programas de Residência em todo o país. A visita técnica é realizada a cada cinco anos, a partir da data de credenciamento de cada programa. O coordenador da Comissão de Residência Médica da UFFS (COREME), Dr. Jairo Caovilla destacou que o Hospital da Cidade está adequado a todos os requisitos mensurados pela comitiva “são avaliadas três dimensões: a estrutura física, que compreende os equipamentos e a capacidade instalada, por exemplo. Avaliam também o corpo de preceptores, então os recursos humanos, os médicos que trabalham na residência e avaliam também o volume de atendimento.” pontuou.  

Atualmente, quatorze Programas de Residência Médica nas áreas de Alergia e Imunologia Pediátrica, Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Gastroenterologia, Neurocirurgia, Obstetrícia e Ginecologia, Oncologia Clínica, Ortopedia e Traumatologia, Psiquiatria, Pediatria e Radiologia e Diagnóstico por Imagem estão em funcionamento e com processo seletivo aberto para ingresso através da UFFS – Campus Passo Fundo.

Os Programas de Residência Médica integrados ao HC como campo de prática formaram mais de duzentos especialistas egressos “o Programa de Residência Médica já formou centenas de médicos especialistas e que estão trabalhando por todo o país, nós temos residentes formados atuando em todos os estados do Brasil.” destacou Caovilla.

Foto: Natieli Batistela/ Comunicação HC

Leia Também Centro de Oncologia do HC recebe doações de mechas de cabelo Hospital de Clínicas fortalece incentivos na área de ensino e pesquisa Câncer de pulmão mata cerca de 300 pessoas por ano na região Norte do RS Serviço de Hemoterapia do HSVP recebe doadores do Trote Solidário