A gestão de resíduos sólidos nos condomínios

Postado por: Manoela Cielo

Compartilhe

Muitos são os problemas levantados nas reuniões de condomínios, porém pouco se fala em alternativas para solucionar problemas e reduzir custos, o que é possível através da implantação de um sistema de gestão de resíduos sólidos.

Existem diversas e simples metodologias para organizar um programa de coleta seletiva em condomínios, a começar pela mobilização e conscientização do maior número de moradores, para que seja eficiente e de forma adequada.

Um diagnóstico inicial se faz necessário para definir os tipos de materiais recicláveis que serão coletados (jornais, papéis, papelão, vidro, plástico, alumínio, etc), sempre visualizando o mercado e sua demanda existente para a saída e venda dos materiais, evitando acúmulos que causariam problemas maiores, definindo também a estrutura operacional do sistema, para contemplar as fases de coleta, segregação, estocagem, venda e doação.

É importante que a separação prévia dos resíduos sejam realizadas nos apartamentos ou casas e que parcerias com cooperativas ou empresas que comprem determinados resíduos, bem como o poder público, sejam estabelecidas, otimizando também o aproveitamento de resíduos orgânicos.

 Essas ações podem ser planejadas através de uma consultoria ambiental, a qual pode também dar suportes através de projetos que busquem redução de custos, através do aproveitando da energia solar, bem como da água da chuva, fazendo do condomínio um modelo sustentável, de forma social, ambiental e econômica.

Solicite mais informações através do e-mail cieloambiental@gmail.com ou através do fone (54)981325141.

Leia Também Concessões e privatizações para salvar o Estado Economia versus política Utilização de águas de reuso O Fusca e o padre