O papel da família para a segurança

Postado por: Gilnei Fogliarini da Costa

Compartilhe

A dificuldade de criarmos nossas crianças e jovens nos dias atuais é um fato discutido em inúmeras áreas, e a segurança é uma das principais preocupações de pais e familiares. A família é o primeiro contato do individuo com o mundo, onde são transmitidas experiências, normas e princípios, é a família o pilar de valores morais e éticos, reflexo da sua formação, de suas atitudes e seus atos. As crianças são o futuro e precisam estar preparados para enfrentar um mundo de dificuldades. Tem um dito que é simples, mas completo: “A família é a base de tudo”, não um discurso utópico, mas uma realidade que reflete na formação do ser, é o porto seguro, que conforta e guia, afaga e protege, é no seio familiar que o indivíduo forma seu caráter.

Qual é o papel da familiar para a segurança? A família tem função primordial, pois se os filhos não respeitam os pais, o que esperar que façam na escola, nas ruas, nos mais diversos locais que frequentam? O que se vê atualmente é a cobrança das Escolas, dos Governos e das Polícias, como se o outro tivesse a obrigação de corrigir o problema que criamos em casa.

É bem mais fácil olhar para fora e criticar, esperar que o Estado resolva o que está a nossa volta, esquecendo de olhar para dentro de nossas casas, de vermos se a criação, atenção e educação, que damos aos nossos filhos são realmente aquelas exemplares. Será que o exemplo que estamos damos a eles os fará pessoas aceitáveis no convívio em sociedade?

O exemplo dos pais influencia na formação dos filhos, que tendem a propagar a agressividade vivida dentro do lar. O que devemos compreender é que a violência doméstica muito contribui para o crescimento da violência na sociedade. O indivíduo que cresce em um ambiente degenerado perde os valores essenciais à boa formação.

Precisamos nos conscientizar da importância desse papel, combater às causas da violência na formação do indivíduo, incentivar as medidas de caráter preventivo, lutar contra o tráfico de drogas que é o terror na maioria dos lares. Cabe também aos pais acompanhar as atividades de seus filhos, suas companhias e amigos, isso não é motivo de vergonha ou excesso de proteção, mas atenção necessária para sua boa formação.

Devemos sempre nos preocupar com a educação dos nossos filhos, terem cumplicidade, união e respeito são fundamentais. Educação racional, sólida, direta, objetiva e baseada em responsabilidade, pois este método de criação refletirá no seu comportamento no futuro. Pois quando tudo isto falhar e este indivíduo errar, aí sim, caberá ao Estado reprimi-lo, reeducá-lo e reinseri-lo na sociedade. Mas aí o sofrimento e a sua integridade já terão sido ultrajados.

Leia Também Deixo-vos a paz TransDroga, roubos e tiros num passado recente Imóveis com Passivo Ambiental. Informações aos compradores Investir em educação é investir no futuro