Expoacisa 2018 encerra com balanço positivo

Compartilhe

Negociações, prospecção de clientes, ampliação da rede de contatos e discussão de temas de interesse da comunidade. Assim foram os dias 22 a 25 de novembro para quem participou da Expoacisa 2018. A 14ª edição da feira encerrou neste domingo após quatro dias de atividades que reuniram milhares de pessoas no Bourbon Shopping.

Ao todo foram mais de 70 empresas participantes, de Passo Fundo e mais três cidades, que levaram até o local produtos e serviços dos segmentos do comércio, serviços, indústria e agronegócio. O evento proporcionou aos empresários a exposição da marca e a aproximação das empresas entre elas mesmas e com o público que visitou a feira. “Toda a tecnologia que existe na área da limpeza nós trouxemos para a feira e o público amou. Me sinto feliz de ter participado pela primeira vez da Expoacisa”, afirma Silvia Calvo, sócia-proprietária da Calmendy. A empresária Denise Rosso Casanova, da Della Rosso Alimentos, participou pela quinta vez do evento. “Acredito que o ponto alto da Expoacisa é que conseguimos divulgar a nossa marca aos visitantes e também a quem está expondo, o que faz com que a gente prospecte clientes e feche negócios mais para frente”, destaca.

Para o presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa), Evandro Silva, a avaliação da comissão organizadora da feira é positiva. “Baseado no público que esteve presente e pelo retorno de alguns expositores em negócios fechados e prospectados, podemos dizer que tivemos um ótimo evento”, pontua. “Notamos que houve um investimento por parte dos expositores na qualificação dos estandes e isso contribuiu para que a feira ficasse visualmente mais atrativa”, destacou.

De acordo com ele, outro fator positivo foram as atividades paralelas que aconteceram durante a exposição. “Tivemos discussão do momento político, das relações entre município e estado e estado e união para o ano que vem, onde pudemos ouvir os agentes políticos debater sobre esse assunto”, ressalta Evandro, ao salientar também outras atividades que movimentaram a feira, como o desfile de moda, realizado em parceria com a Universidade de Passo Fundo, que mostrou o potencial de algumas empresas de vestuário do município, e as rodadas de negócios, organizadas em conjunto com o Sebrae RS, que tiveram a participação de doze empresas compradoras e 32 vendedoras. “Foram realizadas 150 reuniões de negócios, que geraram uma estimativa de negócios de mais de R$ 1 milhão para os próximos doze meses”, afirma o presidente, ao destacar que “quando pensamos nesse volume de negócios entre empresas grandes, pode não ser muita coisa, mas quando se trata de pequenas empresas vendendo para as grandes, esse montante se torna um valor expressivo e ficamos muito felizes que tenha tido esse resultado”, declara o presidente.

Leia Também Coxilha recebe peça teatral infantil "Do Campo à Mesa" Abertura do Música na Praça acontece no próximo domingo Há 100 anos, nascia Gildo de Freitas Senac Passo Fundo realiza palestra com a blogueira Alice Salazar