Cuidados ao ir às compras

Postado por: Gilnei Fogliarini da Costa

Compartilhe

Mais uma vez nos aproximamos de um período delicado, início do mês e o final do ano, momento em que muitos trabalhadores e aposentados recebem seu salário, décimo terceiro e outras gratificações, é a tão esperada época natalina e de ir às compras, onde o comércio aproveita para liquidar estoques e faturar alto. Todas estas variáveis levam a uma grande circulação de dinheiro nas cidades. Este alto fluxo de valores também atrai uma quantidade expressiva de delinquentes que só tem um propósito, aproveitar-se da fragilidade dos transeuntes e comerciários para efetuarem ataques.

Desta forma nos cabe alertar aos riscos de transitar pelo comércio com quantidade expressiva de valores. Vale lembrar que os criminosos circulam por todos locais, andam despretensiosos, escolhem seus alvos sem o menor pudor, utilizando-se dos mais variados meios de ataques e investidas, principalmente em pessoas vulneráveis como idosos e distraídos.

A mais importantes dica é não transitar com grande volume de dinheiro, e quando necessário não sair sozinho, e ir direto ao local onde vai fazer a compra ou o depósito. Ao sacar valores em instituições financeiras, procure ter a companhia de alguém de confiança, e tome o maior cuidado para que outras pessoas que estão ao em torno não estejam lhe cuidado, é comum ataque a pessoas na saída de bancos.

Recomenda-se que as mulheres carreguem sempre a bolsa presa ao braço e em frente ao corpo. É frequente o ataque às bolsas e carteiras de mulheres na área central das cidades. Outro caso que se tornou rotineiro é o furto de aparelhos celulares, pedestres desatentos em praças e paradas de ônibus são as vítimas mais frágeis, cabe a cada um ficar atento à movimentação a sua volta, não permaneça muito tempo concentrado nas redes sociais do aparelho, ou você se tornará um alvo potencial para os meliantes.

Se for surpreendido por ladrões procure manter a calma e não reaja, sua vida é o bem maior, dinheiro e bens materiais podem ser recuperados. Oriente familiares a agirem com cautela e prevenção, pois é a maneira mais prudente e segura para evitar surpresas. Esteja atento ao que esta ocorrendo à sua volta, caso desconfie de alguma atitude comunique a Brigada Militar.

Leia Também Curiosidades sobre o Fusca Como fica o Congresso após a aprovação da Reforma da Previdência? Com sapato ou sem sapato O bom samaritano