Ação de prevenção do câncer de pele atende mais de 200 pessoas

Compartilhe


Em apoio à Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele “Se exponha, mas não se queime” realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, por meio do programa de Residência Médica em Dermatologia, promoveram no último sábado, 01 de dezembro, ações no Ambulatório de Dermatologia. Durante todo o dia, 265 atendimentos foram realizados.

As ações aconteceram em todo o país e, em Passo Fundo, médicos, acadêmicos e profissionais das duas instituições sanaram dúvidas, realizaram exames preventivos e orientaram a população nas questões que envolvem a prevenção do câncer de pele. Dos 265 atendimentos realizados, lesões importantes como melanomas e carcinomas foram diagnosticados sendo, quatro melanomas, 36 carcinomas basocelular e oito carcinomas epidermoide.

A dermatologista coordenadora e preceptora da Residência Médica em Dermatologia UFFS/HSVP, Dra.Camila Ferron, avaliou positivamente a campanha realizada neste ano, já que a comunidade participou e se beneficiou da atividade. “Esta campanha é realizada há muito tempo pela Sociedade de Dermatologia, em Passo Fundo foi o segundo ano, em razão da Residência de Dermatologia. Para nós, professores, médicos residentes é importante a promoção de ações de prevenção do câncer de pele e para a população é ainda mais importante ter essas iniciativas", ressaltou.

Para quem não conseguiu participar, as recomendações básicas da Sociedade Brasileira de Dermatologia para prevenção de câncer de pele incluem a adoção de medidas fotoprotetoras, como, evitar os horários de maior incidência solar (das 10h às 16h); utilizar chapéus de abas largas, óculos para sol com proteção UV e roupas que cubram boa parte do corpo; procurar locais de sombra, bem como manter uma boa hidratação corporal. A sociedade médica também orienta para o uso diário de protetor solar com fator de proteção de no mínimo 30, que deve ser reaplicado a cada duas a três horas, ou após longos períodos de imersão na água.

 

Foto: Lucas Alvarenga / UFFS

Leia Também Alunos da Escola de Vida recebem certificado da Academia Passo-Fundense de Letras Soldado da BM supera todas as dificuldades e realiza sonho de se tornar médico Divulgados os aprovados no Curso Técnico de Enfermagem da Escola HC HSVP realiza mais de três mil atendimentos em eventos externos