Mais Médicos: quase 500 vagas não foram preenchidas no RS

Compartilhe
Foto: Divulgação   Foto: Divulgação 

Encerra nesta sexta-feira (14) o prazo para que os profissionais que preencheram as vagas no Programa Mais Médicos (PMM) homologuem a inscrição. Até o final da manhã, 140 médicos foram destinados a 33 cidades gaúchas para substituir parte das 630 vagas deixadas em aberto pelos médicos cubanos.

O Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul ressalta que ainda existe um déficit de 490 postos de trabalho para médicos oriundos do PMM. Este problema é registrado no Brasil inteiro, considerando que as vagas do Mais Médicos foram rapidamente preenchidas, mas muitos inscritos desistiram do programa.

Hoje também termina o prazo para os profissionais brasileiros e estrangeiros formados no exterior (sem registro no Brasil) enviarem a documentação e estarem aptos para validação da inscrição.  De acordo com o ministério, são necessários 17 documentos para validar a inscrição, entre eles, o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação.

*com informações Rádio Guaíba /  Agência Brasil

Leia Também Escola HC anuncia inscrições permanentes para novas turmas Hospital São Vicente comemora 101 anos com nova logomarca Médica esclarece sobre período de jejum antes da doação de sangue Pediatras pedem fim da exigência do Teste da Linguinha