Dia Mundial do Câncer e a conscientização

Compartilhe

Criado em 2005 pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Mundial do Câncer acontece todo ano em 4 de fevereiro. Trata-se de campanha de utilidade pública a qual visa tentar evitar milhões de mortes a cada ano por meio do aumento da consciência e educação sobre doença, além da pressão sobre governos e indivíduos em todo o mundo para que se mobilizem pelo controle do câncer.

A data é uma campanha de utilidade pública que busca evitar milhões de mortes a cada ano por meio do aumento da conscientização e da educação sobre a doença. A campanha de 2019 tem o slogan Eu Sou E Eu Vou.

Ações de Combate ao Câncer:

1 - Combate ao sedentarismo e à obesidade
Pessoas sedentárias e obesas têm mais riscos de devolver tumores de mama, cólon, próstata...

2 - Evitar o consumo excessivo de álcool

O consumo de álcool está relacionado principalmente ao câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, fígado, intestino e mama. De acordo com o Ministério da Saúde, para a prevenção do câncer, não existem doses seguras de consumo alcoólico, mas quanto maior a dose ingerida e o tempo de consumo, maior será o risco do surgimento de tumores.

4 - Vacinação
Além do preservativo existem vacinas que atuam na prevenção do HPV e do vírus da hepatite B. A vacina contra o HPV está disponível em postos da rede pública de saúde para meninas de 9 a 13 anos de idade no ano inteiro e, a partir de janeiro de 2017, estará disponível também para meninos de 12 a 13 anos de idade. Já a vacina contra a hepatite B encontra-se sempre disponível nos postos públicos de saúde para pessoas com até 49 anos de idade. Pessoas fora dessas faixas etárias podem receber a imunização contra o HPV e contra a hepatite B em clínicas privadas.

5 - Cuidados contra o sol
As pessoas que se expõem ao sol de forma prolongada e frequente constituem o grupo com maior risco de contrair câncer de pele, principalmente aquelas de pele, cabelo e olhos claros. Evitar a exposição ao sol das 10h às 16h e usar protetor solar com fator de proteção 30 diariamente são algumas das atitudes que nos ajudam a evitar o câncer de pele.

6 - Diagnóstico precoce dos tumores
Alguns dos principais sinais que devemos estar atentos são: nódulos em qualquer parte do corpo; manchas na pele; emagrecimento rápido, sem motivo explicável; dores que persistem por mais de uma semana; dor ao urinar; sangue nas fezes, na urina ou no esperma; e tosse ou rouquidão por mais de uma semana.

 

Leia Também Na Planalto News, oncologista fala sobre o melanoma, câncer de pele que matou o cantor Roberto Leal Hospital do Ursinho ajuda a reduzir o medo do tratamento médico de crianças em Passo Fundo Prefeito anuncia abertura do CAIS Petrópolis até as 22h IMED promove ações de conscientização sobre a importância da doação de medula óssea