Foragido do presídio de Carazinho morre em confronto com o POE em Não-Me-Toque

Compartilhe

Um homem de 31 anos foi morto após confronto com o Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar (BM) de Carazinho, por volta das 16h deste sábado (9), em Não-Me-Toque. Ele é suspeito de ter cometido uma série de roubos com vítima durante a manhã no município e também, de ter participado de outra ocorrência, quando houve troca de tiros com a polícia na última quinta-feira (07), entre Carazinho e Não-Me-Toque.

Segundo a polícia, durante as buscas pelo suspeito, a guarnição foi até a residência do homem, quando houve o primeiro confronto. Após, o acusado fugiu em direção a uma área de mata, nas proximidades, momento em que houve uma segunda troca de tiros e o homem acabou sendo baleado.

Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital Alto Jacuí de Não-Me-Toque. O homem foi identificado pela polícia como sendo Gabriel Soares, foragido do Presídio Estadual de Carazinho (PECAR), que possuía diversas passagens pela polícia.


Leia Também Traficante é preso pela PRF durante abordagem policial BPChoque de Passo Fundo prende ladrões que furtaram em joalheria de Soledade BM prende indivíduos que agrediram pedestre em tentativa de assalto Passo Fundo receberá 50 novos policiais