Indiciado homem que matou cachorro a tiros no interior de Soledade

Compartilhe

O homem acusado de matar um cachorro a tiros no interior de Soledade e o dono do animal foram indiciados por maus-tratos aos animais após o término da investigação da Polícia Civil de Soledade.

O autor do crime também será indiciado por posse ilegal de arma de fogo. A investigação foi concluída após investigações coordenadas pelo delegado Márcio Marodin.

O fato ocorreu em 2018, no dia 15 de novembro, quando a Brigada Militar prendeu o autor em flagrante na Linha Curuçu, interior de Soledade. A Brigada Militar foi até o local e encontrou o autor do crime que é vizinho do proprietário do animal e que teria atirado contra o cachorro a pedidos de seu dono.

Utilizando uma espingarda calibre 36 o homem atirou contra o animal que morreu na hora. Segundo relatado à Polícia, o cachorro foi morto por estar atacando as galinhas da propriedade.

O homem de 58 anos chegou a ser preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia de Soledade e pagou fiança de R$ 1 mil. Além do autor, o dono do animal também será indiciado. Agora o inquérito segue para o Poder Judiciário.

(Com informações da Rádio Cristal / Soledade)

Leia Também Com mínima de -3°C, São Joaquim registra a primeira neve granular do ano Ampla e Ciplam definem sistema que reunirá informações de 62 municípios sobre o coronavírus Barragem de Ernestina começa a se recuperar da seca Vereadores de Mormaço aprovam redução de salários para a próxima legislatura