Mantido o veto que proíbe bebida alcoólica nos estádios

Compartilhe

O veto do governador Eduardo Leite (PSDB) sobre o projeto que autoriza a retomada da venda de bebidas alcoólicas nos estádios foi mantido na tarde desta terça-feira durante sessão na Assembleia Legislativa por 46 votos a cinco. Votaram para que o veto fosse derrubado os deputados Issur Koch (PP), Gaúcho da Geral (PSD), Dalciso Oliveira (PSB), Fábio Ostermann (Novo) e Giuseppe Riesgo (Novo).

A legislação estadual que proíbe a comercialização e o consumo dentro dos estádios vigora desde abril de 2008, a partir de um projeto do então deputado estadual Miki Breier (PSB), hoje prefeito de Cachoeirinha. O texto aprovado em dezembro do ano passado limita o consumo de bebidas alcoólicas ao primeiro tempo das partidas, ou após o fim do jogo. O projeto foi idealizado pelos deputados Gilmar Sossella e Ciro Simoni (ambos PDT), que não ocupam mais vagas no parlamento gaúcho.

A deputada Luciana Genro (PSOL), afirmou que manter o veto é fundamental para ocorram menos violências nos estádios.

Entretanto, o assunto não se esgota por aqui. Está sendo formada uma comissão da nova legislatura da Assembleia Legislativa para ouvir todos os segmentos e apresentar uma nova proposta em 120 dias.



Créditos: Laura Gross / Rádio Guaíba

Leia Também Passo Fundo sedia etapa classificatória do Freio de Ouro Menina de 12 anos tem suspeita de intoxicação por causa de ‘slime’ Ministro diz que não há barragem segura no Brasil Turistas brasileiros morrem por acidente de gás no Chile