Em missão: catequistas são enviados para a evangelização

Compartilhe

“É bom estarmos aqui para sermos, de fato, enviados e nos sentir como uma grande multidão que abraça a mesma causa, que faz todo o esforço possível para que o amor do Senhor chegue a todos os catequizandos” – enfatizou o arcebispo metropolitano de Passo Fundo, dom Rodolfo Weber, durante a Abertura do Ano Catequético na Arquidiocese de Passo Fundo. A celebração, que aconteceu na Catedral Metropolitana, no último domingo, 10, envolveu cerca de dois mil catequistas das 53 paróquias da Arquidiocese em momentos de espiritualidade, partilha e envio.

Na força do Espírito
Centrada na tentação de Jesus no deserto, narrada no Evangelho de Lucas, a missa foi o momento de refletir sobre a missão do catequista junto aos catequizandos. Em sua homilia, dom Rodolfo fez um comparativo entre o tempo da Quaresma e o tempo dedicado à Catequese. “A Quaresma inicia com um sinal: somos marcados com as cinzas. Na Catequese, vivenciamos diferentes ritos, símbolos e sinais. A Quaresma é um tempo de graça. Que a Catequese também seja um tempo de graça, tempo favorável, que não pode ser vivenciado de forma negligente ou indiferente”, colocou. “Com nossos catequizandos teremos um tempo especial que, muito mais que marcar horas, vai marcar a nossa vida e a vida de cada um deles.”, complementou.

Ainda, dom Rodolfo destacou que a missão deve ser, sempre, conduzida pelo Espírito. “Viver pelo Espírito é deixar-se conduzir pela Palavra de Deus e é essa Palavra que nos conduz na Catequese. É preciso deixar-se conduzir pelo Espírito para que a Palavra esteja próxima de nós. Não realizamos essa missão por nossa vontade, somos enviados para a tarefa. Com cada catequista está a Igreja, está a Arquidiocese”, destacou.

Enviados para viver pelo Espírito
Destacando a missão de orientar, aconselhar, ensinar, acompanhar crianças e adolescentes no caminho de encontro com Deus e, especialmente, de colocar Cristo como foco de qualquer ensinamento, a celebração envolveu os catequistas que, depois de refletir, foram chamados a participar de um momento de envio: recebendo uma vela e a mensagem da 4ª Semana Brasileira de Catequese – com o lema “Nós ouvimos e sabemos que Ele é o Salvador do mundo” (Jo 4, 42) – os coordenadores da Catequese de cada paróquia e seus catequistas foram enviados em missão para evangelizar, motivados pelas palavras de dom Rodolfo que encerrou sua fala recordando que, apesar do desafio que é a missão, Deus está sempre pronto para acolher e ajudar. “Quando os desafios aparecerem, que saibamos entender que quanto mais frágeis nos sentimos, mais forte é a presença do Senhor conosco”, concluiu o arcebispo.


Créditos: Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

Leia Também Vereador Patric solicita voto de pesar pelo falecimento de Dom Urbano Allgayer Prefeito decreta luto oficial de três dias pelo falecimento de Dom Urbano Allgayer Luto na comunidade: faleceu o bispo emérito dom Urbano Allgayer Carazinho realiza Romaria de Santa Rita no próximo domingo