Justiça autoriza cultivo de maconha medicinal em Canoas

Compartilhe
(Reprodução)   (Reprodução) 

Depois de um ano e meio de luta na Justiça, uma família do município de Canoas, região metropolitana do RS, ganhou o direito de plantar e cultivar planta Cannabis Sativa que dá origem à maconha, para produzir de forma caseira o óleo canabidiol - CBD - medicamento feito à base da planta e liberado pela Anvisa. 

A paciente, uma criança de 9 anos, nasceu com uma doença rara, grave e degenerativa chamada Síndrome de Dravet. O óleo medicinal é utilizado para combater as crises de convulsão, que chegavam a ser de 30 a 50 por dia e proporcionou uma melhora significativa à criança. 

A família é a primeira no Rio Grande do Sul a ganhar o direito. 


Leia Também Rádio Planalto homenageada pelos 50 anos na Câmara de Vereadores Sicredi Integração de Estados RS/SC anuncia resultado da campanha Poupança Solidária Rádio Planalto recebe homenagem pelos 50 anos de história hoje na Câmara de Vereadores Funcionário público relata ter sido agredido com relho por vereador em Passo do Sobrado