Vacina contra a gripe: mais de 60% do grupo prioritário já está imunizado

Compartilhe

A Vigilância em Saúde do município registra a cobertura de 63,66% do grupo prioritário, com 44.542 doses aplicadas. A parcial da vacinação dos grupos que formam o grupo prioritário ficou em: crianças – 57,30%; gestantes – 56,24%; puérperas – 62,25%; idosos – 83,32%; trabalhadores da saúde – 69,13%; professores – 68,93%; grupos com comorbidades – 6.635 doses aplicadas. 

A vacina segue disponível em todas as 25 salas de vacina da rede municipal. A Central de Vacinas, como anunciado anteriormente, continua com atendimento restrito apenas para crianças, gestantes e puérperas. As demais unidades atendem todos os grupos.

Locais de vacinação
- Cais Boqueirão (rua Coronel Pitinga, 11)
- Cais Hípica (travessa Osvaldo Motta Fortes, 30)
- Cais Petrópolis (avenida Brasil, 1580)
- Cais São Cristóvão (rua Scarpelini Ghezzi, 55)
- Cais Luiza (rua Gervásio Annes, 303)
- Central De Vacinas (rua Uruguai, 667)
- Ambulatório de Especialidades (rua Comandante Kraemer, 12)
- Ambulatório São José (avenida Luiz De Camões, 217)
- UBS Adirbal Corralo (rua Uruguaiana, S/N)
- ESF Zachia (rua Argemiro Ferreira, 90)
- ESF Valinhos (rua Niterói, 150)
- ESF Adriana Lírio (rua Alferes Rodrigo, 90)
- ESF Nenê Graeff (rua Amilton Portes da Silva, 120)
- ESF Adolfo Groth (rua Coronel Bicaco 991)
- ESF Jerônimo Coelho (rua Alfredo do Amaral, 130)
- UBS Jardim América (rua Ernesto Bertoldo, S/N)
- ESF Caic (rua Dalila, 160)
- ESF Santa Marta / Donária (rua Palmares, 434)
- UBS Ivo Ferreira (rua Brigada Militar, 740)
- ESF Planaltina (rua Delmar Sitone, 385)
- ESF Mattos (rua Felipe Moliterno, S/N)
- ESF São Cristóvão (rua João Pessoa, 364)
- ESF Ricci (rua Camilo Ribeiro, 975)
- UBS Vila Nova / Santa Maria (rua Aspirante Jenner, S/N)
- Ambulatório São Luiz Gonzaga (rua Franscisco Formigheri, 335)

Quais são os grupos de risco?
- Crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias)
- Gestantes (em qualquer período gestacional)
- Puérperas (mulheres no período de até 45 dias após o parto)
- Trabalhadores da área de saúde
- Professores
- Povos indígenas
- Idosos (60 anos ou mais de idade)
- Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas
- População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional
- Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
- Policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das forças armadas

Quais as estatísticas de vacinação por grupo de risco?
Crianças de 6 meses a menores de 6 anos: 13.760 doses
Gestantes: 2.157 doses
Puérperas: 355 doses
Indígenas: 134 doses
Idosos: 22.222 doses
Comorbidades: 18.434 doses
Professores: 2.195

Vacinação em Casa
Em busca de qualificar o atendimento de saúde às pessoas que apresentam dificuldade de locomoção, especialmente os idosos, e precisam ser imunizadas contra o vírus da gripe, o Programa Vacinação em Casa também já iniciou.

O programa foi criado para levar a vacina contra o vírus da gripe até a residência de pessoas com 60 anos ou mais de idade, e que tenham dificuldades de locomoção, ou ainda, de pessoas mais jovens que se encontram nos grupos indicados para receber a vacina, mas não conseguem sair de casa por alguma enfermidade ou dificuldade de locomoção.

O atendimento domiciliar pode ser solicitado pelo telefone (54) 3046-0153. O serviço está disponível nos turnos da manhã e tarde.


(Foto: Divulgação/PMPF)


Leia Também Censo vacinal da febre amarela prossegue no interior de Passo Fundo Avanço das obras do Hospital Municipal deve mudar rotina do estacionamento Desinsetização prossegue nas unidades de saúde RS registra 15 mortes atribuídas à gripe; óbito recente foi registrado em Passo Fundo