Greve da Educação tem atividades em Passo Fundo

Compartilhe

Os professores estão preparando  uma mobilização para amanhã, quarta-feira, 15, dentro da chamada Greve Nacional da Educação. A mobilização promete ainda ser um grande protesto contra a proposta de Reforma da Previdência.

Segundo a direção do CMP Sindicato, dentre as pautas do movimento,os trabalhadores da educação destacam os sucessivos cortes nas políticas educacionais (ensino superior e educação básica) e a ameaça de acabar com a vinculação constitucional que assegura recursos para a educação (Fundeb e outras políticas).

Conforme nota da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação a pauta de reivindicações também inclui o fim do patrulhamento ideológico nas universidades, da ofensiva Lei da Mordaça e de uma série de políticas que impõem retrocessos civilizatórios. O Sindicato dos Professores Municipais de Passo Fundo convocou os docentes da rede municipal a participarem deste dia nacional de mobilização. De acordo com o dirigente da entidade Tiago Machado a Reforma Previdenciária pune duplamente a categoria do magistério.

“Na medida em que aumenta substancialmente o tempo de serviço a reforma, da forma que está, diminui de forma significativa o valor das aposentadorias. Soma-se a isso, os cortes da educação pública, que inviabilização a qualidade da prestação deste serviço. Neste sentido a categoria se mobilizou para demostrar seu descontentamento com tal situação,” explica o professor.

Em Passo Fundo as atividades estão marcadas para os três turnos, com concentração às 10 horas na Praça do Teixeirinha, às 15 horas em frente à Câmara de Vereadores e às 19h30min na Praça do Teixeirinha.

 

Leia Também Acidente de trânsito é registrado no cruzamento das ruas General Netto e Eduardo de Brito Encontro de Sementes Crioulas em Dois Lajeados Simpatizantes convocam protesto a favor de Jair Bolsonaro no próximo domingo Faleceu dona Irene Trevisan, grande ouvinte da Rádio Planalto