Corsan faz esclarecimentos sobre abastecimento de água na cidade

Compartilhe

Câmara promove reunião sobre abastecimento em Passo Fundo

Na tarde desta quarta-feira (15) foi realizada no Plenarinho da Câmara de Vereadores uma reunião para tratar da situação atual do abastecimento de água em Passo Fundo e a perspectiva de dificuldades do serviço a curto e médio prazos. O encontro foi promovido pela Comissão de Cidadania, Cultura e Recursos Humanos (CCCDH) e pela Comissão de Patrimônio e de Desenvolvimento Urbano e do Interior (CPDUI), contando com a presença dos vereadores, de membros do Executivo e representantes de entidades ambientalistas.

O vereador Saul Spinelli (PSB), presidente da CCCDH, comandou a reunião que recebeu ainda o superintendente regional da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), Aldomir Santi. Ele apresentou dados sobre os pontos de abastecimento e tratamento de água na cidade, além de comentar sobre projetos de ampliação dos serviços da empresa na região.

O presidente do Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (Gesp), Paulo Cornélio, observou que o município é localizado geograficamente em um ponto do Estado que possui várias bacias hidrográficas, representando um benefício sobre as possibilidades de aproveitamento dos recursos hídricos. No entanto, salientou preocupações com o panorama atual destas fontes utilizadas atualmente para o tratamento. O ambientalista lembrou que o arroio Miranda e o rio Passo Fundo são os fornecedores da água para a cidade e que, atualmente, o índice consumido é maior do que a quantidade que os afluentes podem oferecer. Isto está obrigando a Corsan a coletar o bem natural em outras localidades, como Mato Castelhano.

Cornélio endossou a necessidade de o Poder Público tratar o tema como prioridade, pois com a iminência da dificuldade de abastecimento, é importante a criação de políticas públicas sobre o tema. “A água é um tema vital, deixou de ser um assunto secundário. Seria imprescindível a criação de uma Frente Parlamentar Mista para tratar dos recursos hídricos no município e região”, declarou.

Os vereadores Luiz Miguel Scheis (PDT), Ronaldo Rosa (SD) e Eloí da Costa (MDB) questionaram o superintendente Santi sobre situações como longos períodos sem abastecimento em alguns bairros e o acompanhamento do tratamento de água. Ronaldo endossou a criação de uma comissão para tratar dos recursos hídricos. Luiz Miguel e Eloí apontaram também outras dificuldades como o pouco volume.

Representantes da entidade ambientalista Agenda 21 manifestaram preocupação quanto ao futuro dos recursos hídricos da região e à conscientização das novas gerações. Ademar Marques reiterou a necessidade do estabelecimento de políticas públicas sobre o tema, onde se possam definir diretrizes sobre revisão das bacias hidrográficas. Por sua vez, Lajos Sebescen relatou preocupação com o alto índice de poluição causada por dejetos nos recursos hídricos e também com a necessidade de informar os mais jovens sobre o tema. “É importante tratar sobre este assunto de forma detalhada nas escolas. Precisamos conversar sobre isso com as crianças para conscientizá-las”, salientou.

Santi respondeu aos questionamentos reforçando a preocupação da Corsan em aprimorar o abastecimento, melhorando o trabalho de captação e de tratamento, de forma a aproveitar melhor a água utilizada, procurando evitar problemas de prestação de serviço em alguns bairros. Ele sublinhou sobre a água abastecida ser de boa qualidade, mas reconheceu que existem dificuldades. “Sabemos dos problemas, estamos trabalhando para consertá-los, porém a água que chega nas casas é perfeitamente apta para consumo”, frisou.

Após os posicionamentos, Saul encaminhou o término da reunião destacando a atuação do Legislativo nas pautas que lidam diretamente com a comunidade, além de corroborar com a importância de aprofundar as discussões sobre o abastecimento de água. “Um ponto fundamental é estabelecer uma política de recursos hídricos, uma vez que nosso Parlamento trabalha pela nossa população. Por isso, devemos dar o primeiro passo”, concluiu.

Participaram do encontro também os vereadores Márcio Patussi (PDT), Rafael Colussi (DEM), João dos Santos (PSDB), Cláudio Rufa Soldá (PP), Renato Tiecher (PSL), Alex Necker (PCdoB), Pedro Daneli (PPS), Aristeu Dalla Lana (PTB) e Rudimar dos Santos (PCdoB). Representando o Executivo, participaram o secretário do Meio Ambiente, Rubens Astolfi e a secretária de planejamento, Ana Paula Wickert.

 

Foto: Comunicação Social/Câmara de vereadores

Leia Também Entra em vigor alteração no trânsito do Bairro Petrópolis Na Planalto News, secretário fala sobre as obras do passeio público na Avenida Brasil e nos bairros de Passo Fundo Semáforo será instalado no Bairro Vera Cruz Ajuda Humanitária integra Exército, empresas e profissionais venezuelanos