Menina de 11 meses é a terceira vítima da gripe A em 2019 no RS

Compartilhe
 Foto: Arquivo pessoal    Foto: Arquivo pessoal 

A Secretaria Estadual da Saúde confirmou, nesse domingo (19), a terceira morte em decorrência de gripe A, desde o início do ano, no Rio Grande do Sul. O óbito, de uma criança de 11 meses, ocorreu na quarta-feira em Sapiranga, no Vale do Sinos. A menina, identificada como Maria Luiza Laranjeira Vieira, não havia sido imunizada. Na manhã deste domingo, a prefeitura de Sapiranga publicou nas redes sociais um comunicado informando a morte e recomendando a vacinação.

Os outros dois casos de morte por gripe, em 2019, envolvem dois idosos: um de 71 anos, residente em São Gabriel e outro, de 79, morador de Barra do Ribeiro. Os diagnósticos foram confirmados pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) para os tipos de vírus influenza A-H1N1 e A-H3N2. O diagnóstico para a morte da menina ainda não saiu.

Nenhuma das três vítimas havia se vacinado. Os dois idosos tinham ainda fatores de risco. O morador de São Gabriel era diabético, enquanto a residente em Barra do Ribeiro tinha uma imunodeficiência crônica.

A campanha de vacinação contra a gripe começou em 10 de abril, para crianças e gestantes, e em 22 de abril para os demais grupos de risco. As mais de 2,3 milhões de doses aplicadas até agora perfazem 60% de cobertura. A meta é chegar a 90% em cada grupo.

A campanha de vacinação contra a gripe vai até 31 de maio. Cerca de 1,5 milhão de pessoas ainda devem se proteger contra os três tipos de vírus da gripe mais frequentes (A-H1N1, A-H3N2 e B).

No País, mais de 33 milhões de pessoas foram vacinadas contra a gripe até o momento. O número corresponde a 56% do público-alvo.

*Rádio Guaíba


Leia Também Apoiadores de Bolsonaro farão manifestação domingo em Passo Fundo Estado destina R$ 8,9 milhões para o DAER em Passo Fundo Câmara aprova crime de ecocídio após tragédia de Brumadinho Preço do leite cai 4,14% no Rio Grande do Sul