Lei barra homenagem a Lula e Maluf como nomes de rua em São Paulo

Compartilhe
Reprodução/Twitter   Reprodução/Twitter 

Nessa sexta-feira (24), o prefeito de São Paulo-SP,  Bruno Covas, sancionou o Projeto de Lei nº 695/2017 que proíbe pessoas condenadas por crimes contra a administração pública sejam homenageadas com nomes de ruas, avenidas, praças ou de equipamentos públicos como escolas e teatros na cidade de São Paulo.

O projeto de lei , de autoria do vereador Rinaldi Digilio (PRB), já tinha sido aprovado em segunda votação na Câmara em abril e o ato da sanção foi publicado no Diário Oficial da Cidade (DOC).

O projeto altera a Lei Municipal nº 14.454/2007, que trata da denominação de logradouros públicos municipais. No texto, dizia que “só poderão ser homenageadas, com seus nomes denominando próprios municipais, personalidades que tenham prestado importantes serviços à Humanidade, à Pátria, à Sociedade ou à Comunidade”.

iG

Leia Também Domingo com tempo bom e rumo à chegada do frio Adotado por família italiana, brasileiro se torna prefeito na Itália Ministro Moro se defende com afirmação de que Lula fez "showzinho" Circulação de ônibus é normalizada