Livros adquiridos pela Prefeitura considerados ‘’inadequados’’ não irão para escolas municipais

Compartilhe

Denúncias e polêmicas circularam nas redes sociais sobre livros recentemente adquiridos pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo através de uma licitação. Alguns livros, dentre os 479 títulos chamaram a atenção, como livros de Youtuber, romances eróticos e uma versão infantil de Frida Kahlo.

Pais manifestaram repúdio às obras, exigindo retratação por parte da Secretaria Municipal de Educação.

Na tarde dessa quarta-feira (29), o vereador Patric Cavalcanti (DEM) esclareceu a polêmica durante entrevista ao repórter da Planalto News, Marcelo Albuquerque.

A preocupação era para onde iriam estes livros, se era para a rede municipal ou para a biblioteca pública. ’’ disse Patric.

O vereador falou sobre a reunião realizada com o secretário municipal de Educação, Edemilson Brandão, onde foi comunicado que os livros não serão direcionados às escolas.

Não vão para as escolas. São livros que ficarão na biblioteca pública, que foram adquiridos porque a população solicitou a procura destes livros. Dentro da biblioteca existe a separação e o cuidado de quem retira por parte dos funcionários públicos. A Câmara de Vereadores está atenta e nós temos que preservar sempre a inocência das crianças.’’ informou o vereador, tranquilizando os pais.


Leia Também II Fórum de Reflexão Social da Fasurgs acontece na próxima terça-feira Lançada a Escola de Extensão UPF Coordenador Elton De Marchi comunica oficialmente sua saída da 7ªCRE Congresso dos Professores Municipais debate resistência, união e democracia