Gaúcho divulga nota de repúdio pelos fatos da partida contra o Brasil

Compartilhe
O presidente do Sport Clube Gaúcho, Augusto Ghion Junior publicou nota nesta quinta-feira em relação aos fatos verificados ontem diante do Brasil, de Farroupilha, na BSBIOS Arena.  Ela consta dos seguintes termos:

"A centenária história do Sport Clube Gaúcho foi construída por jogadores e torcedores de todas as raças, baseada na disciplina e no amor ao esporte, e, por isso, lamenta e repudia veementemente os fatos ocorridos após o término da partida contra a equipe do Brasil de Farroupilha, na tarde de ontem.
Qualquer ato discriminatório, vexatório ou situações de palavras depreciativas relacionadas à cor ou raça, como o ocorrido com o atleta do Sport Clube Gaúcho após o término da partida são inadmissíveis e merecem a nossa reprovabilidade.
Em relação ao fato da apreensão de arma de fogo com o atleta da equipe do Brasil de Farroupilha, esperamos que o Poder Judiciário, a Federação Gaúcha de Futebol e o Tribunal de Justiça Desportiva atuem de forma severa, uma vez que não mais se pode admitir nos dias atuais qualquer forma de ameaça ou intimidação. Isto é inadmissível.
Por fim, o Sport Clube Gaúcho prestará total apoio ao atleta Erick, mantendo a sua posição de repúdio a qualquer manifestação de cunho preconceituoso, reafirmando a sua total confiança no Poder Judiciário, na Federação Gaúcha de Futebol e no Tribunal de Justiça Desportiva.
Augusto Ghion Junior
Presidente S.C. Gaúcho"

Leia Também Passo Fundo Futsal joga em Boa Vista do Buricá nesta terça Técnico do Juventude vai para a Chapecoense, com volta anunciada para dezembro Gaúcho volta a vencer pela Copa Seu Verardi Passo Fundo Futsal vence em Lajeado