Semana do Meio Ambiente começa em Passo Fundo

Compartilhe


No mês dedicado ao meio ambiente, o município tem uma programação cheia de ações socioambientais comemorativas. A agenda coletiva, em parceria com diversas entidades, tem a maioria das atividades nesta semana, mas todo o mês de junho conta com atrações. O tema deste ano é “Combata a Poluição do Ar”

Terão oficinas, exposições, palestras, atividades com as escolas, contação de histórias e plantio de árvores. Além disso, quem precisa fazer o descarte correto de resíduos pode aproveitar a Campanha de Coleta de Resíduos que vai até o dia 30 de junho na Secretaria de Meio Ambiente, com a coleta de eletrônicos e óleo de cozinha. Também vai ter Ecoponto no Passo Fundo Shopping. 

O Dia Mundial do Meio Ambiente é um evento mundial liderado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente que acontece todos os anos, no dia 5 de junho. Em Passo Fundo, acontecem três principais atividades neste dia: Desafio do Lixo na escola Daniel Dipp, às 8h; plantio do programa Uma Criança, uma Árvore na escola Helena Salton, às 11h; e um ato de mobilização geral que marca o dia no Passo Fundo Shopping, às 16h30, em frente a loja Pernambucanas.

A data
O Dia Mundial do Meio Ambiente é lembrado para chamar atenção da sociedade global e dos governos e empresários, sobre a problemática ambiental e sobre a necessidade de conscientização para a construção de políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento sustentável, protegendo, conservando e recuperando a nossa biodiversidade. 

O tema “Combata a Poluição do Ar” foi escolhido porque, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), 92% das pessoas em todo o mundo não respiram ar limpo. A poluição do ar custa à economia global 5 trilhões de dólares por ano; e a poluição do solo pelo ozônio deverá reduzir os rendimentos de cultivos básicos em 26% até 2030. 

(Foto: Divulgação)

Leia Também Acre decreta estado de emergência por incêndios nas florestas Amazônia brasileira está segura, diz Mourão Fumaça de queimada na Amazônia já é visível de satélite da Nasa #PrayForAmazonia: o Brasil pede socorro