Caso Neymar: mais um advogado deixa de representar Najila

Compartilhe
AMANDA PEROBELLI / REUTERS   AMANDA PEROBELLI / REUTERS 

'Não dá para defender alguém que não entrega as provas', disse Danilo Garcia de Andrade ao site 'UOL'

O advogado de Najila Trindade, Danilo Garcia de Andrade, anunciou na noite dessa segunda-feira (10) que deixou o caso. Ele havia dito que não representaria mais a modelo, que acusa Neymar de estupro, se ela não entregasse seu celular à Polícia Civil ainda na segunda-feira.

- Estou anunciando oficialmente (...), não sou mais advogado de Najila - disse Danilo em entrevista ao SBT.

Este é o terceiro advogado a deixar o caso de Najila. Antes de Danilo, a modelo havia sido representada por José Edgard da Cunha Bueno Filho e Yasmin Abdala.

Desde o começo do caso Neymar, uma gravação feita pela modelo Najila Trindade com seu celular no quarto onde se hospedou em Paris é citado como peça importante na comprovação da acusação de estupro feita contra o jogador. O conteúdo teria sido armazenado em um tablet que, até agora, 11 dias depois do registro do BO, não apareceu. O vídeo não foi entregue à Polícia Civil e nem mesmo os advogados da modelo viram o material completo.


Leia Também Apoiadores de Bolsonaro farão manifestação domingo em Passo Fundo Estado destina R$ 8,9 milhões para o DAER em Passo Fundo Câmara aprova crime de ecocídio após tragédia de Brumadinho Preço do leite cai 4,14% no Rio Grande do Sul