Ministro da Educação compara Lula e Dilma à cocaína apreendida em avião da FAB

Compartilhe

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, se tornou o assunto mais comentado no Twitter do Brasil na manhã desta quinta-feira, ao postar, em seu perfil na rede social, que “no passado, o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”, escreveu.

O comentário foi feito em referência aos 39 kg de cocaína encontrados em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que fazia parte da comitiva de 21 militares que acompanha a viagem do presidente Jair Bolsonaro a Osaka, no Japão. O comentário rapidamente mobilizou parte do debate nesta manhã, lançando a expressão “ministro da Educação” ao primeiro lugar nos Trending Topics do país no Twitter.

Foto: Marcelo Camargo 

Reações

Até o momento, os internautas não receberam com simpatia o post do ministro. Entre as várias reações à publicação, os usuários da rede social classificaram como “imaturo”, “infeliz”, “inacreditável”, “imoral” e “incompatível com o cargo de ministro”.

A deputada federal Gleisi Hoffmann afirmou hoje no plenário da Câmara que vai processar Abraham Weintraub por tuíte que compara Lula e Dilma à droga.

“O senhor fala dos outros aquilo que o senhor é: uma droga para a educação brasileira. Então, pode esperar que nós vamos processá-lo. Pelo que você falou de Lula e de Dilma, responderá em processo. Encaminharemos denúncia ao Ministério Público e ao Conselho de Ética da Presidência da República.”

A oposição também se manifesta nas redes sociais, anunciando novos processos e convocações ao ministro para explicar os comentários.


Leia Também Álvaro Lottermann assume direção do Departamento de Políticas para a Juventude no RS Fundação Pró-Sementes: impósio da Semente traz palestrantes de renome nacional para Passo Fundo (RS) Cerca de 30 mil refeições são servidas diariamente nas escolas municipais de Passo Fundo Governo anuncia privatização dos Correios