Preso monitor que informava sobre blitz em grupo de WhatsApp

Compartilhe
A Brigada Militar de Canela, na Serra Gaúcha, prendeu nesta terça-feira,09, um monitor de trânsito que informava sobre barreiras policiais e a localização de viaturas através de grupos de WhatsApp.

 A denúncia anônima chegou até os policiais, que prenderam o homem. Ele trabalha para uma empresa terceirizada que presta os serviços de cobrança do estacionamento rotativo em contrato firmado pela Prefeitura.

O monitor confessou a prática do crime. Recebeu voz de prisão, sendo encaminhado ao Hospital para exames de corpo de delito. Após, foi levado até Delegacia de Polícia.

A Brigada Militar alerta que avisar sobre barreiras ou sobre a localização das guarnições é crime. Também que os roteiros das guarnições são pensados de maneira estratégica, e visam coibir o transporte de armas, drogas além da prática de roubos e outros ilícitos.

Leia Também Policiais de Passo Fundo realizam manifestação em frente à residência de deputado Mateus Wesp Mulher esfaqueia marido durante a madrugada em Passo Fundo Homem incendeia casa para se vingar de morador que atirou em seu irmão no Bairro Planaltina Mulher sem CNH ameaça policial e é detida no Bairro São Cristóvão