Reedição do livro ‘’Passo Fundo das Missões’’ de Jorge Cafruni será lançada na Semana do Município

Compartilhe

A obra que remete aos primórdios da história da região de  Passo Fundo e um capítulo importante da história do Rio Grande do Sul, escrita pelo jornalista Jorge Cafruni, membro fundador do Instituto Histórico de Passo Fundo, foi reeditada. A realização parte da Prefeitura Municipal de Passo Fundo, com apoio do IHPF e da Academia Passo-Fundense de Letras. O lançamento será realizado durante a Semana do Município. 

De acordo com o prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, esta é uma das contribuições do Município para os 162 anos de emancipação política de Passo Fundo e dos 53 anos do lançamento da primeira edição. “Assim como Cafruni, ao longo de suas pesquisas, também estamos olhando para os primórdios da nossa região, para Passo Fundo antes de ser Passo Fundo, focando em acontecimentos do século XVII, mais de 380 anos atrás’’, esclarece. 

A obra 

A primeira edição de PASSO FUNDO DAS MISSÕES: Estudo Histórico do Período Jesuítico, saiu em 1966, pela Editora “A Nação”, de Porto Alegre. Narra a história dos jesuítas espanhóis que avançaram sobre o atual Estado do Rio Grande do Sul, fundando diversas reduções na primeira metade dos anos 1600, quando Portugal (e, por conseguinte, o Brasil) pertencia à Espanha. A obra tem como centro a Redução de Santa Teresa, em Passo Fundo. Inicialmente instalada entre as nascentes do Rio Jacuí e Rio Passo Fundo e logo mudada para o Rincão do Pessegueiro. 

O presidente do IHPF, Fernando Miranda, comenta que o material produzido pelo jornalista Cafruni, é uma fonte de pesquisa ainda pouco compreendida ‘’Optou-se pela manutenção dos termos próprios do autor, isto é, em sua escrita original, preservando as normas ortográficas vigentes à época, tal como se escolheu reproduzir o mais fidedignamente o formato e as ilustrações da capa’’, esclarece. 

Sobre o autor 

Jorge Edeth Cafruni foi jornalista, romancista e historiador. Nasceu em Porto Alegre em 08 de agosto de 1913, filho dos imigrantes libaneses Adala Kafruni e Marta Hadad Kafruni. Após o falecimento de seu pai, teve que abandonar os estudos e trabalhar.. Casou-se em  9 de julho de 1941 com Rita Menna Barreto Maurmann, em Passo Fundo. Já estabelecido em Passo Fundo, Cafruni foi caixeiro-viajante nos primeiros anos da década de 1940, passando, após isso, a dedicar-se ao jornalismo. Trabalhou na redação do jornal O Nacional, foi redator de debates da Câmara Municipal e da Rádio Passo Fundo, diretor da Rádio Municipal e chefe de Gabinete do prefeito Mário Menegaz (1964-1968). Além disso, foi o idealizador do Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF), criado em 1954. Autor de diversas obras literárias e históricas, entre elas Auroras e Crepúsculos (1948), Irapuã (1951) e Passo Fundo das Missões (1966), cafruni  faleceu em Porto Alegre no início da década de 1970.

Instituto Histórico de Passo Fundo

O Instituto Histórico de Passo Fundo é uma entidade sem fins lucrativos com 65 anos de atuação com os objetivos de estimular, auxiliar e propor medidas que assegurem os estudos históricos, além de coletar documentos e acervos, tornando-os acessíveis à comunidade passo-fundense. Ele é formado por interessados na história local e regional. Atualmente, a entidade conta com mais de 15 mil páginas de documentação em seu acervo, localizado desde 2017 em sua sede definitiva, nomeada Dr. Carlos e Celina Madalosso.

Serviço

O lançamento da reeedição de “Passo Fundo das Missões”, de autoria de Jorge Edeth Cafruni, será realizado no dia 07/08, às 19h30min, na Academia Passo-Fundense de Letras. 

Leia Também De autoria do vereador João dos Santos, Passo Fundo terá Semana da Música Gaúcha Terceira edição do Mamaço Bem Acolher acontece neste sábado Rádio Planalto FM presente na geração da Chama Crioula! CREJUTI Bem Viver representará o Brasil em festival internacional