Possibilidade de greve dos professores estaduais não é descartada

Compartilhe
A terça-feira, 13, é um dia de mobilização em defesa da educação. Houve manifestação em todo o Brasil, com atividades em várias cidades, como Passo Fundo.

No estado, não se descarta uma greve dos professores estaduais em função dos salários pagos de forma parcelada pelo governo.  A afirmação é da presidente do Cpers/Sindicato, Helenir Schürer. 

Segundo a dirigente, espera-se que o governo tome uma atitude para resolver a situação. Ela lembrou que há 44 anos o governo gaúcho arrecada menos do que gasta. Porém, a situação ficou pior nos últimos tempos, com 44 meses de parcelamentos.



Confira um trecho da manifestação da presidente do CPERS/Sindicato, em entrevista concedida à Rádio Guaíba de Porto Alegre (áudio)

Leia Também Escolas municipais de Passo Fundo estarão interligadas através de sistema de videomonitoramento Anhanguera de Passo Fundo lança game interativo para apoiar jovem na escolha da Carreira Inep divulga os locais das provas do Enem UPF oferece Superintensivo Enem gratuito