CREJUTI Bem Viver representará o Brasil em festival internacional

Compartilhe


 

Dentro dos diversos departamentos do Clube Recreativo Juvenil, um dos de maior destaque é o da Terceira Idade, também conhecido como CREJUTI. Entre as atividades que o departamento oferece para o lazer e bem-estar dos associados com 55 anos ou mais, está o grupo de danças CREJUTI Bem Viver, formado desde 2013.

Entre todas as competições e festivais que o grupo já participou dentre seus anos de existência, o mais importante está por vir e ocorrerá no início de outubro. Mais precisamente dos dias a 2 a 11 de outubro, o CREJUTI Bem Viver irá representar o Brasil na terceira edição do Encuentro Nacional Grupos de Danza Folklórica Maestros Jubilados 2019, que ocorrerá na cidade de Rioverde, no México. O grupo de dança fará a apresentação de coreografias que retratam a cultura e o folclore brasileiro. Dentre as danças a serem apresentadas estão o Samba e duas danças de projeção gaúcha.

De acordo com o professor de danças do CREJUTI Bem Viver, Gustavo Maias, o grupo está se organizando e preparando com carinho para esta especial ocasião. “Todas as coreografias estão sendo ensaiadas com o maior entusiasmo e sendo pensadas para fazerem jus a este convite que honra o Clube Juvenil”, enfatiza Gustavo. O entusiasmo das 15 dançarinas do Departamento não poderia ser diferente, afinal o CREJUTI Bem Viver será o primeiro grupo de terceira idade de danças da cidade a representar o país com participação em evento internacional.

Frequentemente o grupo participa de eventos culturais na cidade e região e, por onde passa, obtém prêmios e elogios por suas performances. Mas os ânimos para a participação neste evento são diferentes. Pelo menos é o que contam as dançarinas do CREJUTI Bem Viver, como Idora Maria Gelhen, eleita Rainha do Carnaval do CREJUTI 2019. “Minha expectativa para o evento está sendo maravilhosa, e iremos para o México fazer uma bela apresentação”, afirma. Idora, que faz parte do departamento há cinco anos, terá papel de destaque em uma das coreografias, o Samba. “Estou me sentindo radiante para exercer esta função”, destaca.

Idora não é a única dançarina que está pronta para fazer bonito no México. Isto também é o que afirma Terezinha Nair Anziliero, outra membra do CREJUTI Bem Viver. “Estou me preparando muito bem e fazendo tudo que posso para chegar no México e representar bem o Clube Juvenil”, aponta Terezinha, transparecendo sua ansiedade para a singular ocasião.

Junto ao CREJUTI Bem Viver, foram convidados ao evento grupos de dança de outros países, que também levarão partes de suas culturas e raízes para terras mexicanas no mês de outubro.


Foto: Lucas Marques/CRJ

Leia Também Semana Farroupilha: chama crioula chega a Ernestina Inaugurado o galpão crioulo da APAE em Passo Fundo Escolas municipais recebem delegações da Danzpare Brasil Passo Fundo está no embalo do Danzapare Brasil 2019