Estado fará contratação emergencial de professores

Compartilhe

Foi protocolado na última sexta-feira, 16, pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul na Assembleia Legislativa, em regime de urgência, o projeto solicitando autorização para contratar emergencialmente mais 5.020 professores para atuarem na rede pública estadual.//  Segundo o texto do projeto, o prazo não será superior ao ano letivo de 2019.

O objetivo de contratar mais profissionais não se deve ao vencimento de contratos ou eventuais vagas abertas por afastamentos ou casos de licença saúde.//   Na justificativa, o governo destaca a “necessidade inadiável de suprir a rede pública estadual de recursos humanos nos níveis de ensino, disciplinas e municípios onde não houver banco de concursados”.//   Recente levantamento da Secretaria da Educação apontou déficit de cerca de sete mil professores na rede estadual.

Em um dos artigos do projeto protocolado no Parlamento, o Executivo sustenta que suprir as necessidades do ano letivo de 2020 será realizado concurso público. A realização de concurso é uma das reivindicações do Cpers e sua necessidade é objeto de constantes apontamentos do Tribunal de Contas do Estado. Em função do regime de urgência, a matéria, obrigatoriamente, terá de ser aprovada pelo plenário em 30 dias.


Fonte: Rádio Guaíba.

Foto Ilustrativa: Exame

 

Leia Também Trote Solidário da Anhanguera Passo Fundo faz doações para entidades assistenciais Alunos da Escola Zeferini Demétrio Costi integrados ao Projeto Brasil sem Frestas Publicado edital com regras de inscrição nas escolas municipais de Passo Fundo Na Planalto News, nova coordenadora da 7ª CRE fala sobre o cargo