Estado fará contratação emergencial de professores

Compartilhe

Foi protocolado na última sexta-feira, 16, pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul na Assembleia Legislativa, em regime de urgência, o projeto solicitando autorização para contratar emergencialmente mais 5.020 professores para atuarem na rede pública estadual.//  Segundo o texto do projeto, o prazo não será superior ao ano letivo de 2019.

O objetivo de contratar mais profissionais não se deve ao vencimento de contratos ou eventuais vagas abertas por afastamentos ou casos de licença saúde.//   Na justificativa, o governo destaca a “necessidade inadiável de suprir a rede pública estadual de recursos humanos nos níveis de ensino, disciplinas e municípios onde não houver banco de concursados”.//   Recente levantamento da Secretaria da Educação apontou déficit de cerca de sete mil professores na rede estadual.

Em um dos artigos do projeto protocolado no Parlamento, o Executivo sustenta que suprir as necessidades do ano letivo de 2020 será realizado concurso público. A realização de concurso é uma das reivindicações do Cpers e sua necessidade é objeto de constantes apontamentos do Tribunal de Contas do Estado. Em função do regime de urgência, a matéria, obrigatoriamente, terá de ser aprovada pelo plenário em 30 dias.


Fonte: Rádio Guaíba.

Foto Ilustrativa: Exame

 

Leia Também Projeto de Lei prevê repasse de R$ 2 bilhões para retorno às aulas durante pandemia Enquete na #NEWS: mais de 4 mil pais não vão permitir a volta dos filhos à escola antes da vacina Inscrições para Ingresso Especial encerram nesta segunda-feira na UPF EMEI Criança Feliz, no Bairro Manoel Portela, deverá ser entregue no fim deste ano