Batalhão Ambiental de Passo Fundo comemora seus 14 anos

Compartilhe
Nesta sexta-feira m 23, foi realizada, na sede do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Passo Fundo (3º BABM), uma solenidade em comemoração ao aniversário de 14 anos do batalhão. 
No ano de 1993 o Comando-Geral da Brigada Militar criou oficialmente 77 Patrulhas  Ambientais (PATRAMs), com o objetivo de promover a educação e a Fiscalização Ambiental no interior do Estado do Rio Grande do Sul. Essas patrulhas estavam vinculadas às Unidades Operacionais de Policiamento Ostensivo da Corporação.
Naquele ano, foi criada, junto ao 3º Regimento de Polícia Montada (3º RPMon)de Passo Fundo, a primeira PATRAM, que foi comandada pelo 2º sargento Jerônimo Airton Bocalon dos Santos e na época era composta por oito soldados. 
Em 1998, a Brigada Militar criou o Batalhão de Polícia Ambiental, com sete Companhias Ambientais, sendo a 5ª Companhia com sua sede no município de passo Fundo, tendo como o primeiro comandante o capitão Felisberto Cunha da Silveira, sendo submetido pelo capitão Antônio Gilceu Souza, que assume o comando em 2004. 
No dia 12 de maio de 2005, através do decreto estadual, foi criado o 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar, subordinado ao Comando Ambiental da Brigada Militar . Sua instalação ocorreu no dia 22de junho de 2005 em Passo Fundo, na Avenida Presidente Vargas, junto ao 3º RPMon, tendo como primeiro comandante o major Airton Fernando dos Santos Vieira. 
Em 19 de fevereiro de 2009, assumiu o comando do 3º BABM, o major Antõnio Carlos da Cruz e permaneceu até o dia 7 de janeiro de 2010, quando passou o comando ao major Marcelino Seolin, que ficou à frente da unidade até o dia 7 de maio de 2010.
No dia 7 de maio de 2010, passou a ser comandar o 3º BABM, major Elieu de Souza Roque. 
O batahão é composto por três companhias, sendo a primeira na cidade de Passo Fundo, a segunda em Caxias do Sul e a terceira companhia em Santa Rosa. 
A área de responsabilidade do 3º Batalhão Ambiental, que hoje é comandado pelo major Laudemir, abrange 239 municípios, incluindo as regiões norte, serra e noroeste do estado. 
O batalhão ambiental possui como missões o exercício da polícia ostensiva, com ênfase na proteção ambiental, promover a educação ambiental e também fiscalizar obras e atividades que possam causar degradação do meio ambiente. 
  Créditos: Bruno Reinehr, repórter policial

Leia Também Morre jovem encaminhado ao HSVP após sofrer descarga elétrica em Cruz Alta Mãe e padrasto são presos por torturar criança de dois anos no litoral gaúcho BM realiza treinamento de combate alusivo aos 182 anos da corporação Sindicato dos Policiais Civis inicia "Operação Padrão" contra medidas do Governo Leite