Empresário passo-fundense visita lavouras norte-americanas

Compartilhe

O empresário Renan Tonial, (à direita na foto) da cerealista Tonial Cereais, encontra-se em Illinois, EUA, visitando lavouras de soja e milho. Tonial, constatou que não chove regularmente naquela região há dois meses e que as lavouras perderam potencial produtivo. A média de rendimento da soja que é de 85 sacas por hectare poderá baixar esse ano para 60 sacas por hectare, ou na pior das hipóteses, até para 40 sacas por hectare. Já o milho que apresenta produtividade média de 300 sacas por hectares naquela região, deve cair para 240 sacas por hectare. 

Com relação a divergência alfandegária que se arrasta há tempo entre Estados Unidos e China, Renan Tonial, disse que os produtores rurais norte-americanos estão preocupados . Eles entendem que a China não deverá fechar acordo comercial nesse ano, deixando para 2020, na expectativa de que Donald Trump seja derrotado na eleição e que possam estabelecer uma negociação melhor com um possível presidente democrata. O governo tenta também fechar um acordo comercial para venda de produtos agrícolas e carnes com o Japão, México e Canadá, mas enfrenta resistência no próprio Congresso, que não gostaria de deixar esse crédito político para a reeleição de Trump.

Leia Também Cotrijal festeja 62 anos Relatório americano prevê redução de soja Começa na UPF o XIII Congresso Brasileiro de Buiatria Aurora inaugura unidade de distribuição e vendas nesta sexta-feira