Mãe que narra jogo para filho cego é finalista de prêmio da Fifa

Compartilhe

Na manhã desta segunda-feira (2), quase um ano depois, o mundo descobriu quem é a palmeirense fanática que passou sua paixão para o filho e o apoia na torcida. A Fifa anunciou que Silvia é uma das finalistas ao prêmio de torcedora símbolo da temporada 2018/19. 

No dia 9 de setembro de 2018, Silvia ficou conhecida no Brasil por narrar o jogo diante do Corinthians, vencido por 1 a 0, para seu filho Nikollas, na época com 11 anos, que tem deficiência visual e autismo e é palmeirense fanático. 

A brasileira concorre com torcedores da Holanda que chamaram atenção na Copa do Mundo Feminina; e com Justo Sanchéz, uruguaio que torce para o Cerro, mas que acompanha os jogos do rival Rampla Juniors da arquibancada para homenagear seu filho falecido. 

A escolha vai ser feita na internet por voto popular. A entrega do prêmio acontece no dia 27 de setembro, em Milão. Silvia e Nikollas vão para Itália participar da festa ao lado de Messi, Cristiano Ronaldo e todas as estrelas do futebol. 

Para ela esse reconhecimento mudou a vida de sua família, mas chamou atenção às pessoas que têm deficiência. "Mudou muito nossa rotina, as pessoas nos reconhecem! Não tenho dúvidas que o mais importante é dar visibilidade à causa da pessoa com deficiência. É o mundo ouvir que eles existem, que precisam ser amados, respeitados e incluídos.  O futebol tem esse poder transformador", explica a palmeirense. 

A rotina da família não mudou tanto e eles são figurinhas facilmente encontradas no Allianz Parque. "Há cinco anos vamos pelo menos uma vez por mês ver o Palmeiras. Antes íamos no anonimato (risos). Agora ele é símbolo da torcida."


Fonte: R7

Foto: Divulgação Palmeiras

Leia Também Passo Fundo Futsal perde em Boa Vista do Buricá Quarta de decisão no Beira-Rio com a emoção da Planalto News Passo Fundo Futsal joga em Boa Vista do Buricá nesta terça Técnico do Juventude vai para a Chapecoense, com volta anunciada para dezembro