Rede Conecta UPF é apresentada oficialmente

Compartilhe

Promover a inovação tecnológica gerando valor para a sociedade, empresas e a Universidade. Essa é a missão da Rede Conecta UPF, que integra toda a estrutura de inovação da Universidade de Passo Fundo.  A apresentação do novo formato foi realizada nesta quarta-feira, dia 4 de setembro, durante a programação da Semana do Conhecimento.

A partir da Rede Conecta UPF, o Parque Científico e Tecnológico, a incubadora de empresas, a Agência de Inovação e os laboratórios de múltiplo interesse de várias áreas passam a atuar de forma integrada, potencializando atividades como: proteção da propriedade intelectual, projetos de pesquisa colaborativa (UPF-Empresa), interação universidade-empresa, licenciamento de patentes, pré-incubação e incubação de empresas, atração e residência de empresas no Parque, análises laboratoriais, etc.

Presente no encontro, a reitora da UPF, Dra. Bernadete Maria Dalmolin, destacou que o lançamento foi realizado em um momento importante e significativo, quando ocorre a Semana do Conhecimento. Em sua fala, ela parabenizou a todos pela iniciativa, destacando o esforço pela criação do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI), que permitiu uma nova visão sobre a ciência, a tecnologia e a inovação na região. 

Participaram do encontro membros CMCTI, além de gestores da Instituição, funcionários envolvidos com o projeto, o vice-reitor de Graduação, Dr. Edison Alencar Casagranda, e o vice-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Dr. Rogerio da Silva.

Ao final do encontro, os presentes foram convidados para conhecer a estrutura do UPF Parque e das empresas encubadas.

União de esforços pela inovação
De acordo com coordenador executivo da Rede Conecta UPF, Giezi Schneider, a Conecta surge para desenvolver a visão sistêmica e eliminar barreiras de acesso das pessoas à inovação e aos diferentes mecanismos/processos desenvolvidos por nós. 

Além disso, a Conecta transborda para as unidades acadêmicas, pois em cada uma delas haverá pessoas de referência auxiliando a disseminar o tema. Também, por ser um modelo integrado e orgânico, é possível realizar mudanças a qualquer tempo, incorporando novos projetos, setores, pessoas e iniciativa. “Todas essas estruturas foram integradas, as pessoas trabalharão juntas e não dedicadas exclusivamente a um tema ou setor. Fizemos um planejamento e criamos a Conecta UPF, cuja missão é promover a inovação tecnológica gerando valor para a sociedade, as empresas e a Universidade. Para dar conta disso, todos nós devemos nos dedicar aos seguintes eixos estratégicos:  transferência de tecnologia; interação universidade-empresa; fomento ao empreendedorismo inovador; fortalecimento da pesquisa e disseminação da cultura da inovação”, reiterou.


Texto: Assessoria UPF

Foto: Marcelo Albuquerque (Planalto News)

Leia Também Educação municipal: lista com alunos designados já está disponível Escola Municipal Georgina Rosado recebe melhorias na estrutura Militarizar escolas públicas seria um ganho para a educação, ou desvirtuaria o verdadeiro papel dos educandários? UPF oferece descontos de 20% a 30% em cursos de graduação