Animais apreendidos recebem tratamento no Hospital Veterinário da UPF

Compartilhe

 No último domingo (1º), mais de 200 animais silvestres foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal. Segundo a ocorrência, pássaros de várias espécies estavam em um carro que foi interceptado na fronteira entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Após a apreensão, a professora Me. Michelli De Ataide, coordenadora do Grupo de Estudos de Animais Silvestres da Universidade de Passo Fundo (Geas/UPF), foi acionada para fazer os primeiros atendimentos.  

Conforme a professorora, as aves, de grande e pequeno porte, chegaram com lesões, fraturas e problemas respiratórios. Ela relatou que algumas foram a óbito e 51 tiveram que ficar em internação no Hospital Veterinário. “Soltamos alguns em bando pela região – os que estavam bem e a situação permitia –, outros foram internados. Além desses, há outros que, por serem exóticos, não podem ser soltos na natureza”, ressaltou.

 

Fotos: Equipe Geas

Leia Também Principal barragem de Passo Fundo não recuperou seu nível ideal Dia Internacional da Biodiversidade: cuidado com a fauna, a flora e o meio ambiente Forte estiagem promove ação de salvamento de diversos peixes na barragem de Ernestina GESP preocupado com morte de peixes no Rio Passo Fundo