Vereador Tchêquinho cria moção de repúdio contra a venda do polêmico livro "Vingadores, a Cruzada das Crianças"

Compartilhe

O vereador Renato Tiecher, Tchêquinho, do PSL, protocolou nesta segunda-feira (09) uma moção de repúdio pela ‘’forma de comercialização do livro ‘Vingadores, A Cruzada das Crianças’ que está sendo vendido e exposto em feiras no Brasil’’, como consta no texto.

A moção tem como intuito repudiar a exposição e a comercialização do livro, uma novela gráfica que apresenta super-heróis e um beijo entre dois homens. ‘’Devemos ficar atentos caso feiras realizadas em nossa cidade tenham o cuidado de expor esse material lacrado e com informação adequada’’, finaliza o pedido do vereador.

Moção protocolada após polêmica

O presidente do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), Claudio de Mello Tavares, aceitou no último sábado (7) o pedido da prefeitura carioca para recolher, na Bienal do Livro, obras que tratem de temas LGBTI. Marcelo Crivella impôs a censura por causa de um livro de história em quadrinhos – voltado para o público adulto – que retrata um beijo gay.

Com a decisão, ficou proibida a venda de livros que tratem da temática LGBTI “de maneira desavisada” para crianças e jovens na Bienal.

 

Leia Também Torcedor do Athletico que perdeu a mão após explosão de fogos de artifício passa por cirurgia Trabalhadores dos Correios encerram a greve Ciro Gomes: "Acho que Bolsonaro não chega ao fim do mandato" Estado recebe prazo para apresentar documentação das obras do novo presídio de Passo Fundo