Cobertura do Programa Auxílio Pecúlio Coprel agora é estendida aos filhos

Compartilhe

Com a mudança o cooperante, cônjuge e filhos de até 21 anos, estão segurados no programa

O Auxílio Pecúlio é um programa de solidariedade da Coprel que funciona como um seguro de vida no caso de falecimento ou invalidez por acidente do cooperante, cônjuge, e agora dos filhos. A ampliação da cobertura do seguro para os filhos com até 21 anos de idade, foi aprovada em reunião do conselho de Administração e Fiscal da Coprel, no dia 29 de agosto. 

O programa social existe há 20 anos, e desde então, já foram entregues 12.956 benefícios às famílias cooperantes. Com a renovação da apólice no fim do mês de agosto e a inclusão dos filhos, a cobertura irá considerar óbitos ocorridos a partir de 01 de setembro de 2019.

A Coprel auxilia financeiramente as famílias no momento da perda de um ente querido. Em casos de morte natural o valor é de R$ 3.000,00 e morte acidental R$ 6.000,00. Para ter direito ao benefício, o cooperante contribui com R$ 1,45 descontados mensalmente na fatura de energia. O restante do valor do seguro, que corresponde a R$ 4,85, é pago pelo Fundo Auxílio Pecúlio, destinação aprovada pelos cooperantes na Assembleia Geral. Os cooperantes com unidade consumidora desativada podem permanecer segurados, contribuindo com R$ 18,00 ao ano.

Conforme o presidente da Coprel Jânio Vital Stefanello, a cooperativa está ao lado das famílias também nos momentos difíceis, demonstrando solidariedade. “A nossa cooperativa é da família cooperante, do homem, da mulher e do jovem. Com a inclusão dos filhos de até 21 anos no programa Auxílio Pecúlio, tivemos uma importante conquista. O nosso desejo é que as pessoas possam sempre contar com a Coprel”.

O processo de encaminhamento do benefício é realizado nos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e Sindicatos Rurais dos municípios de área de atuação, com a participação dos colaboradores da Coprel e dos conselheiros do município no ato de entrega.


Leia Também Defesa Civil registra mais de 18 mil afetados pelos temporais no RS Bombeiros confirmam sétima morte no desabamento em Fortaleza Liberdade Econômica é tema de palestra em Passo Fundo Mais de 4,5 mil casas foram atingidas pelo granizo em Lagoa Vermelha