Ministro Onyx Lorenzoni concede entrevista exclusiva à Rádio Planalto News

Compartilhe

  Na manhã desta sexta-feira (20), o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni,  conversou ao vivo, durante 31 minutos, com o apresentador João Altair. Confira alguns apontamentos feitos pelo Chefe da Casa Civil do Palácio do Planalto:

--Planalto: O governo vai substituir o seu líder no Senado, senador Fernando Bezerra, depois da ação da Polícia Federal no gabinete ontem, acusado de receber R$ 5 milhões em propina na transposição do São Francisco, em Pernambuco,  quando foi ministro no governo Dilma?

--Onyx: Vamos tratar disso com muita tranquilidade, até porque essa denúncia é de cinco anos atrás, não foi no nosso governo. Vou conversar com ele final de semana. Está na fase de inquérito, não tem condenação ainda. Início da semana que vem o presidente Bolsonaro toma uma decisão.

--Planalto: A exemplo da lei de abuso de autoridade, que o governo teve que vetar boa parte, está chegando na mesa dos senhores, o projeto que flexibiliza as regras da prestação de contas da campanha, conforme o projeto aprovado, candidatos poderão até mesmo usar recursos do fundo partidário para pagar advogado, o que o governo vai fazer?

--Onyx: Nós vamos respeitar a decisão do Parlamento, mas o que comprometer a transparência na prestação de contas com dinheiro público, deverá ser vetado. Vamos tratar com muito equilíbrio essa matéria.

--Planalto: Ministro, foi conseguido aprovar a Reforma da Previdência,  algo difícil, mesmo sem trocar cargo de ministério por votos, foi protagonismo do governo ou do Congresso Nacional ?

--Onyx: Eu tenho que ri quando dizem que o governo não tem capacidade de articulação, o governo conseguiu aprovar tudo o que é bom para o país, reforma da previdência, lei da liberdade econômica, reforma administrativa, nem se poderia sonhar que conseguiria quase 380 votos na previdência, deveremos  ter entre 57 e 60 no Senado. A eleição do ano passado deu o recado das ruas, quem está fazendo isso, é o governo, o Congresso e o povo brasileiro que sai às ruas de verde e amarelo e está sabendo o que é preciso para mudar o Brasil. Deus ajudou  o mais improvável dos deputados federais, que em um ano se recuperou de uma facada e quatro cirurgias para ser o Presidente da República e mudar o Brasil.

Planalto: CPMF não será criada?

Onyx: Está morta, sepultada e coberta de terra salgada.

Planalto: Mas e o governo vai tirar dinheiro de onde? Está tendo que fazer contingenciamento. A Previdência mesmo que aprovada demora  para dar resposta no caixa, o próprio Exército está com o menor orçamento da história?

Onyx: Esse é um governo que trabalha com contenção de despesas, fazendo aquilo que as famílias fazem quando tem pouco dinheiro. Prefeituras e órgãos públicos, por exemplo, não precisam mais gastar bilhões de reais em publicações  de simples editais, apenas para cumprir formalidades, como sempre aconteceu, agora vão lá no site do governo e publicam de graça.

Leia Também Burocracia trava destinação de verba para Aeroporto de Passo Fundo Bolsonaro assina MP que concede 13º pagamento do Bolsa Família Confirmada segunda morte em queda de prédio em Fortaleza Duas novas lojas do segmento fitness no Passo Fundo Shopping