Projeto apresenta levantamento das árvores existentes na Praça Capitão Jovino

Compartilhe

Aconteceu na tarde desta segunda-feira, 07, a apresentação Projeto Arborístico da Praça Jovino, localizada junto à Paróquia Santa Teresinha, em Passo Fundo.  O objetivo é apontar quais são as espécies existentes no local, identificá-las para o público e ao mesmo tempo dar a contribuição para a preservação.

A iniciativa é da IMED, Rede Notre Dame, Construtora UNA, e outras empresas, com apoio da Associação dos Amigos da Praça.

A professora Linessa Busatto, da IMED, foi a responsável por realizar o estudo de todas as árvores existentes.  Segundo a educadora, o levantamento, realizado com a participação dos alunos de Paisagismo, apresenta que estão na área espécies até mesmo ameaçadas de extinção, como o angico.  Na praça podem ser encontradas árvores como canafístula, cereja do Rio Grande, pitangueira, guabiju, ovaia, figueira e erva-mate. Há inclusive uma no local que não chegou a ser identificada, por ser um vegetal raro.

Em uma nova etapa está prevista a colocação de placas com as espécies de árvores ali existentes para que o público possa conhecê-las.

Estiveram presentes, também, na apresentação do projeto o coordenador do Departamento de Extensão e Responsabilidade Social da IMED, Elvis Mognon, e o administrador da Rede Notre e Presidente da Associação dos Amigos da Praça Capitão Jovino, Fágner Vieira.



Foto: Luiz Carlos Carvalho (Planalto News)


Leia Também Vigilância Ambiental em Saúde está realizando levantamento de índices de infestação Presidente do PSL é alvo de operação da Polícia Federal Conselho Municipal de Meio Ambiente tem nova gestão Passo-fundense registra anaconda gigante na floresta amazônica