Câmara aceita pedido de abertura de processo de impeachment contra prefeito de Caxias do Sul

Compartilhe

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul decidiu na sessão desta terça-feira (08) aceitar o pedido de abertura de processo de impeachment contra o prefeito Daniel Guerra (Republicanos). A decisão foi tomada por 14 x 8. Este foi o sétimo pedido do gênero proposto ao Legislativo contra o atual chefe do Executivo.

A proposta foi protocolada pelo ex-vice-prefeito Ricardo Fabris de Abreu, no último dia 27 de setembro. Inicialmente, ele alegou que medida foi motivada pela proibição da realização da bênção dos frades capuchinhos na Praça Dante Alighieri. Segundo o protocolo, a medida foi baseada em um decreto publicado em 2018 pela Prefeitura, que seria inconstitucional e conflitante com o Código de Posturas do Município.

Ele ainda defende que a ação caracterizou preconceito, discriminação e ilegalidade. Posteriormente, Fabris fez aditamentos à matéria, acrescentando o fato de que a terceirização do Postão 24 Horas está sob investigação do Tribunal de Contas, entre outros apontamentos.

Com a aprovação foi formada uma Comissão Processante composta por três vereadores que foram sorteados. São eles: Alceu Thomé (PTB), Paula Ioris (PSDB) e Elisandro Fiuza (Republicanos). Eles vão analisar as denúncias e apresentar um relatório, que posteriormente terá que ser votado pelo plenário.

Votaram a favor do pedido Elói Frizzo (PSB), Alberto Meneguzzi (PSB), Edi Carlos (PSB), Rafael Bueno (PDT), Alceu Thomé (PTB), Arlindo Bandeira (PP), Felipe Gremelmaier (MDB), Paula Ioris (PSDB), Denise Pessôa (PT), Velocino Uez (PDT), Ricardo Daneluz (PDT), Gladis Frizzo (MDB), Kiko Girardi (PSD) e Paulo Périco (MDB).

Votaram pelo arquivamento Adiló Didomenico (PTB), Renato Nunes (PL), Rodrigo Beltrão (PT), Elisandro Fiúza (Republicanos), Edson da Rosa (MDB), Gustavo Toigo (PDT), Renato Oliveira (PCdoB) e Tatiane Frizzo (SD).


Créditos: Rádio Caxias

Leia Também Sete projetos aprovados em sessão da Câmara de Passo Fundo Alex homenageia servidores da Saúde pelo atendimento qualificado em CAIS Vereador Daneli pede apoio da população à lei de doação de material de construção Collor é alvo de investigação da PF sobre lavagem de dinheiro