CBF admite erro da arbitragem em não marcar pênalti para Inter contra o Flamengo

Compartilhe
Após se queixar à CBF e solicitar os áudios do VAR no confronto contra o Flamengo, no dia 25 de setembro, no Maracanã, o Internacional ouviu um pedido de desculpas da entidade. Segundo o portal "UOL", a Confederação admitiu que que a equipe de arbitragem cometeu um erro ao não marcar um pênalti de Rodrigo Caio em Paolo Guerrero. Na ocasião, o lance foi ignorado pelo juiz Luiz Flávio de Oliveira, que apitava a partida.
O confronto polêmico que terminou com uma vitória de 3 a 1 para o Rubro-Negro, teve ainda duas expulsões pelo lado do Colorado, que terminou o jogo com apenas nove jogadores em campo. Guerrero, envolvido no lance em questão, foi um dos expulsos. O atacante peruano cortou o supercílio após um choque de cabeças com Rodrigo Caio, e se descontrolou, sinalizando com o dedo médio em direção a arbitragem e esbravejando palavrões.

Antes disso, o lateral Bruno também havia recebido um cartão vermelho por ter cometido pênalti, que foi confirmado por Luiz Flávio de Oliveira após revisão no VAR.

Fonte: O Dia/RJ

Leia Também Passo Fundo Futsal goleia e está nas semifinais da Liga Gaúcha Técnico Renato convida Bolsonaro para assistir a um jogo do Grêmio Planalto News ao lado do Passo Fundo Futsal neste sábado Justiça aceita denúncia: ex-presidente Piffero e outros 13 se tornam réus por desvios no Internacional