Tem vereador com projeto para acabar com o VAR

Compartilhe

O vereador Antônio José Papera de Azevedo, apelidado de Zico (PTB), criou um projeto de lei para proibir o uso do árbitro de vídeo na cidade do Rio de Janeiro. O projeto foi publicado no Diário Oficial da Câmara do Rio nesta quarta-feira (16).

No texto, Zico propõe que o VAR seja proibido em qualquer jogo realizado no Rio de Janeiro. Como justificativa, o vereador cita "julgamentos incoerentes e duvidosos" e afirma que, apesar do valor elevado da tecnologia, "o uso do árbitro de vídeo não tem contribuído para a melhoria do futebol".

Confira na íntegra o texto do projeto de lei:

Art. 1° Fica proibido o uso do Recurso de Árbitro de Vídeo (VAR) nas partidas de futebol organizadas pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro – FERJ, e realizadas no Município do Rio de Janeiro.

Art. 2º A arbitragem não poderá ter contato com qualquer tipo de vídeo durante o período de realização da partida.

Art. 3° O descumprimento da presente Lei acarretará a seguinte sanção:

I - multa no valor de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais).

Art. 4º O valor arrecadado com as multas deverão ser revertidos para o Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – FUMDC.

Art. 5º O Poder Executivo regulamentará esta Lei.

Art. 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.



Leia Também PFF renova com Japa Atlântico de Erechim goleia e conquista o tetra gaúcho de futsal Vestibular Solidário Anhanguera em duas etapas nesta semana Goleiro Ângelo renova com o Passo Fundo Futsal